sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Ministro das Finanças grego defende reestruturação "inteligente" da dívida

O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, defende uma reestruturação "inteligente" da dívida da Grécia, considerando que um perdão total seria inaceitável para os credores, numa entrevista hoje publicada na Alemanha.       

Ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis (Reuters/Arquivo)

Ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis (Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

"Um 'haircut' é uma palavra feia. Eu sei. Assim como nós não queremos ouvir falar na palavra 'troika', os nossos credores não querem ouvir a palavra 'haircut' (corte). É qualquer coisa que eu compreendo", declarou Varoufakis ao jornal económico alemão Handelsblatt.     

"Existem soluções mais inteligentes", adiantou o ministro grego. 

Entre outros, "nós podíamos converter uma parte dos créditos que recebemos do FESF (European Financial Stability Facility, EFSF), em obrigações, cujos cupões e reembolsos seriam indexados à evolução do Produto Interno Bruto (PIB) grego", referiu. 

Os parceiros da Grécia consentiram na semana passada prolongar até junho o programa de ajuda ao país. Até lá, Atenas e os parceiros devem chegar a um acordo sobre um novo contrato e o Governo de Alexis Tsipras deve pôr em prática uma série de reformas. 

"Eu não quero que o Estado continue a endividar-se. O novo acordo que nós queremos negociar a partir de agora e até ao final de junho deve consistir num pacto de crescimento, que se apoiaria em investimentos do setor privado", defendeu Varoufakis. 

Segundo o ministro, se a Grécia regressar ao crescimento "e uma parte da dívida for reestruturada inteligentemente, sem que o nível nominal mude, o problema da dívida pode ser resolvido". 

 Contudo, a Grécia enfrenta importantes pagamentos em março, que dificilmente poderá honrar. 

"Nós temos compromissos de pagamentos ao Fundo Monetário Internacional (FMI) em março e abril. Ao mesmo tempo, o Banco Central Europeu (BCE) deve-nos juros de um montante de 1,9 mil milhões de euros de obrigações gregas. Nós propomos que uma parte deste dinheiro sirva para reembolsar empréstimos ao FMI", adianta Varoufakis, retomando uma sugestão que já fez em diversas ocasiões. 


Lusa
  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.