sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Economia grega cresce acima das previsões de Atenas e de Bruxelas

Economia grega cresce 0,8% em 2014, segundo a primeira estimativa publicada esta sexta feira pela agência de estatística grega, Elstat.    

Reuters

O aumento do Produto Interno Bruto (PIB), o primeiro depois de seis anos de recessão, foi duas décimas acima das previsões do Governo grego e da Comissão Europeia (CE), que apontavam para um crescimento de 0,6% em 2014. 

Em termos de volume, o PIB foi de 186.500 milhões de euros em 2014, contra 185.100 milhões de euros em 2013.

O PIB nominal, que se baseia nos preços atuais, caiu 1,8% face a 2013, ao descer de 183.400 milhões de euros em 2013 para 179.100 milhões de euros em 2014. 

A segunda estimativa da Elstat para o PIB de 2014 será conhecida a 9 de outubro. 

O PIB cresceu no segundo trimestre de 2014 com um ligeiro aumento homólogo de 0,4% e continuou esta tendência no terceiro, com um acréscimo de 1,7% em comparação com o mesmo período de 2013. 

Segundo os dados avançados pela Elstat, no quarto trimestre de 2014 o PIB registou um acréscimo real de 1,7% face ao período homólogo de 2013. 

A Grécia perdeu um quarto da sua riqueza desde que a economia entrou em recessão no último trimestre de 2008. 

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.