sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI critica Governo grego por não concretizar promessas

O FMI diz que não conheceu, nos últimos 70 anos, outro país tão incapaz de se ajudar a si próprio como a Grécia. As negociações técnicas entre o Governo grego e os credores internacionais foram retomadas há uma semana, mas estão de novo num impasse.

O FMI defende que a promessa de Alexis Tsipras (à direita) de fazer um programa de reformas credíveis ainda não passou disso mesmo, de uma promessa, e a paciência dos representantes do Fundo Monetário Internacional parece estar a esgotar-se. (Arquivo)

O FMI defende que a promessa de Alexis Tsipras (à direita) de fazer um programa de reformas credíveis ainda não passou disso mesmo, de uma promessa, e a paciência dos representantes do Fundo Monetário Internacional parece estar a esgotar-se. (Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuters

O FMI defende que a promessa de Alexis Tsipras de fazer um programa de reformas credíveis ainda não passou disso mesmo, de uma promessa, e a paciência dos representantes do Fundo Monetário Internacional parece estar a esgotar-se.

O Fundo diz ainda que é inaceitável que o Executivo grego tenha decidido levar hoje ao Parlamento medidas que não têm sequer em conta o impacto nas contas publicas.
  • Negociações técnicas entre a Grécia e a troika começam quarta-feira
    0:40

    Crise na Grécia

    A discussão sobre a situação da Grécia na reunião do Eurogrupo terá demorado apenas 30 minutos. Os ministros das Finanças ouviram as sete reformas propostas pelo Governo grego, e que foram apresentadas por Varoufakis, mas não tomaram qualquer decisão. A Grécia mostrou-se disponível para enviar propostas adicionais aos credores internacionais, nomeadamente sobre o combate à evasão fiscal. As reuniões técnicas entre a Grécia, a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o FMI vão começar esta quarta-feira, em Bruxelas e Atenas. A decisão foi tomada na reunião do Eurogrupo, de onde sairam também as críticas do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dusselbloem, ao tempo que já se perdeu desde que foi alcançado um acordo.

  • FMI e BCE levantam dúvidas quanto ao empenho grego
    1:52

    Crise na Grécia

    Foi esta terça-feira aprovada a extensão, por quatro meses, do resgate grego. O Eurogrupo considerou que a lista de reformas apresentada pelo Governo do Syriza é "suficientemente abrangente" e um "bom ponto de partida". FMI e BCE também deram luz verde, mas levantam dúvidas. A Grécia tem agora até final de abril para ser mais específica e começar a implementar reformas.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.