sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Angela Merkel sublinha necessidade de acordos com a Grécia após primeira cimeira bilateral

A chanceler alemã Angela Merkel sublinhou hoje perante o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, a necessidade de um acordo sobre o programa de reformas de Atenas para além das "diferenças de opinião" entre os dois governos. 

© Hannibal Hanschke / Reuters

"A Grécia tem de voltar a crescer economicamente e superar problemas como o seu elevado desemprego, sobretudo o desemprego jovem, para levar por diante as reformas com que está comprometida", disse a chanceler durante uma conferência de imprensa conjunta em Berlim, após a sua primeira reunião bilateral. 

Por sua vez, o primeiro-ministro grego garantiu que o seu país respeitará os acordos de tratados europeus, mas "com determinadas prioridades" e sublinhou a intenção de governar em favor da coesão social. 

O líder do partido da esquerda radical Syriza, que domina o Governo de coligação no poder em Atenas, também reivindicou o respeito pela democracia e pelas decisões soberanas dos cidadãos gregos, e considerou ser esse o caminho para garantir uma saída rápida da "crise humanitária" no país. 

Lusa
  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".