sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Governo grego inicia consultas sobre aumento do salário mínimo

O Governo grego iniciou hoje consultas com o patronato e os sindicatos sobre um projeto de aumento do salário mínimo em duas etapas até ao fim de 2016, com uma primeira revalorização aplicada no outono.

Reuters

O ministro do Trabalho, Panos Skourletis, iniciou hoje três dias de discussões com os parceiros sociais para apresentar os projetos de reforma do Governo que preveem o aumento do salário mínimo e o restabelecimento das convenções coletivas revogadas durante os programas de austeridade que foram aplicados desde 2010.

"Estamos vinculados à lógica do diálogo social por oposição aos governos anteriores, que na lógica do memorando (de austeridade), tomavam decisões unilaterais que levaram a uma redução brutal dos rendimentos dos trabalhadores", declarou o ministro.

O projeto do Governo prevê numa primeira fase unificar as grelhas de salário mínimo de várias categorias em torno da mesma base de 650 euros a partir de 1 de outubro, em vez dos 580 atuais.

Numa segunda fase, em julho de 2016, o salário mínimo passaria para 751 euros, uma promessa eleitoral do Syriza, que ganhou as eleições de 25 de janeiro.

Esta subida do salário mínimo não agrada a alguns países europeus com os quais a Grécia mantém conversações sobre o financiamento do país. Se o aumento se concretizar, "seis países europeus terão um salário mínimo inferior", entre os quais Portugal, apontou em finais de fevereiro o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Lusa
  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.