sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Ministro grego diz que Atenas vai pagar ao FMI em maio

O ministro-adjunto das Finanças da Grécia afirmou hoje que será pago o reembolso ao Fundo Monetário Internacional (FMI) previsto para maio e que as negociações com os credores devem terminar em breve para ultrapassar a "asfixia" económica.

PATRICK PLEUL

"Há uma negociação em curso e todos os dados indicam que podemos pagar a 12 de maio", disse Dimitris Mardas em conferência de imprensa.

O reembolso da Grécia ao FMI previsto para maio é de 747 milhões de euros, depois de a 9 de abril Atenas ter pago ao mesmo organismo 460 milhões de euros.

O jornal Financial Times noticiou hoje que a Grécia pediu informalmente ao FMI um adiamento dos pagamentos face aos problemas de liquidez do país, mas o ministro disse que na sexta-feira Atenas "vai pagar 80 milhões ao FMI".

Dimitris Mardas reconheceu os problemas de liquidez, mas afirmou que até agora Atenas tem cumprido os seus pagamentos.

"Tendo em conta a liquidez que havia quando assumi o cargo, a 24 de fevereiro deveríamos ter ficado sem liquidez e sem capacidade de pagar a ninguém, mas desde então temos cumprido todas as obrigações do Estado", salientou.

O membro do governo referiu-se também às negociações em curso com os credores e à necessidade de serem concluídas em breve.

"É necessário um acordo em breve. É necessário para a economia real que está em estado de asfixia", afirmou, acrescentando que a Grécia tem facilitado os dados aos grupos técnicos que trabalham em Atenas.

O ministro-adjunto das Finanças anunciou também uma série de medidas para reduzir as despesas de funcionamento de ministérios e organismos públicos, que poderão levar a uma poupança superior a 300 milhões de euros e que dizem respeito "a gastos em comunicação e publicidade dos ministérios".

"Vamos começar a alugar edifícios públicos não utilizados", apontou, anunciando também um projeto de lei para a redução da burocracia com o qual o governo espera economizar 177 milhões de euros.

Lusa

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois do tribunal ter desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17
  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31