sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Governo grego quer que entidades públicas passem fundos para banco central

O Governo grego publicou esta segunda feira um decreto-lei que ordena a todas as entidades públicas a entrega das reservas financeiras ao Banco da Grécia, de forma a fazer face às despesas.

© Yannis Behrakis / Reuters

"Com este ato, o Governo espera cobrir necessidades urgentes do Estado que ascendem a três mil milhões de euros nos próximos 15 dias", afirma o decreto, que precisa ainda de ser adotado pelo parlamento.

De acordo com fontes governamentais ouvidas pela agência EFE, trata-se de um instrumento utilizado em vários países da União Europeia, que se traduz nas chamadas operações de recompra, que permitem a um Estado pedir fundos emprestados por um período máximo de 15 dias a organismos públicos.

Desta forma, as entidades públicas transferem os seus fundos para o Banco da Grécia e, posteriormente, o Estado devolve o dinheiro, com os juros em vigor na instituição financeira.

O decreto hoje publicado exclui desta obrigação os fundos de pensões e algumas empresas estatais, bem como os organismos que necessitem de reservas para pagamentos imediatos. 

O diploma tem um efeito retroativo a 17 de março, data em que se realizaram as primeiras operações deste tipo com as quais o Governo de Alexis Tsipras está a enfrentar os problemas imediatos de liquidez.

Entre as entidades que emprestaram já dinheiro estão o Metro de Atenas, com 150 milhões de euros; Ática (região administrativa que inclui a cidade de Atenas), que transferiu 110 milhões de euros; e a Agência de Emprego, com 80 milhões.

Atualmente, a Grécia só acede a fundos através do mecanismo urgente de liquidez do Banco Central Europeu.

Em maio, o país terá de devolver uma parte do empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI), no valor de 747 milhões de euros, além do pagamento de salários e pensões que ascendem mensalmente a mais de 1.000 milhões de euros. 

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.