sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Varoufakis diz que ainda é responsável pelas negociações

O ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, afirmou hoje a um jornal alemão que continua a ser "responsável pelas negociações" entre a Grécia e os parceiros europeus, apesar da remodelação na equipa negocial de Atenas.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

"Eu é que dou o tom. Continuo a ser responsável pelas negociações com o Eurogrupo", afirmou numa entrevista ao Die Zeit.

As declarações surgem depois de na segunda-feira o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, ter anunciado uma reorganização da equipa negocial grega, uma manobra que foi interpretada como uma forma de ultrapassar Varoufakis, considerado responsável pelo atual impasse nas negociações.

Os credores da Grécia (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) esperam que Atenas apresente uma lista concreta de reformas antes de desbloquearem o financiamento de que o país precisa.

A coordenação da nova "equipa política" grega foi entregue a Euclides Tsakalotos, ministro-adjunto dos Negócios Estrangeiros.

Apesar das mudanças, Varoufakis não se considera isolado.

"Tenho a presidência desse grupo, está sob a minha alçada e eu tomo as decisões", insistiu. 

O ministro das Finanças grego afirmou também que Atenas e os credores estão mais perto de um compromisso "do que alguns 'media' pensam".

Lusa
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.