sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Impasse grego na Cimeira Europeia em Riga

Impasse grego na Cimeira Europeia em Riga

Mais uma cimeira europeia em que a Grécia volta a estar no centro das atenções. O futuro do país discute-se em Riga, na Letónia. O primeiro-ministro português lamenta a ausência de sinais em relação a um entendimento. Já Durão Barroso considera que a saída da Grécia do euro está mais próxima do que em 2011.

  • Merkel avisa que Grécia vai ter de continuar a negociar com Comissão, FMI e BCE
    0:36

    Crise na Grécia

    A chanceler alemã, Angela Merkel, diz que a conversa que teve ontem com o primeiro-ministro grego foi construtiva, mas alerta que a Grécia vai ter de continuar a negociar com as três instituições: a Comissão Europeia, o Fundo Monetário Internacional e o BCE. O Governo grego tinha a esperança de que o encontro com Merkel e Hollande, à margem da cimeira da Riga, pudesse desbloquear o impasse, mas a chanceler alemã terá mostrado que a posição dos credores não mudou e que a Grécia precisa de se comprometer com as reformas, incluindo a do mercado laboral e do IVA, se quer receber os 7,2 mil milhões de euros que restam do resgate.

  • Passos lamenta que ainda não haja acordo entre a Grécia e os credores
    1:58

    Economia

    A Grécia domina as atenções na Cimeira Europeia que se realiza na Letónia e onde está o primeiro-ministro português. Pedro Passos Coelho disse lamentar que não haja sinais de que o entendimento entre a Grécia e os credores "esteja próximo de ser alcançado". Em Riga, Passos disse, no entanto, esperar que o acordo possa ser alcançado e alertou para a escassez do tempo.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47