sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Grécia apresenta aos credores nova proposta para reestruturação da dívida

O Governo grego apresentou às instituições credoras (Comissão Europeia, FMI e BCE) uma nova proposta, mais específica, sobre a reestruturação da dívida, segundo um documento divulgado pelo diário Financial Times.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O plano prevê a redução da dívida, que atualmente ascende quase a 180% do Produto Interno Bruto (PIB), para 93% em 2020 e para 60% em 2030.

O documento propõe que o Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) assuma as dívidas do Estado grego atualmente na posse do Banco Central Europeu (BCE), e que têm o valor total de 27 mil milhões de euros. 

Ao transferir a dívida do BCE para o MEE, a Grécia receberia um duplo benefício: por um lado, fazer pagamentos mais baixos do que os devidos ao BCE e, por outro, o novo empréstimo venceria mais tarde.

Se a proposta for aceite, é previsível que tenha um efeito imediato sobre o país, uma vez que em julho e agosto vencem as obrigações detidas pelo BCE, no valor total de 6.790 milhões de euros, que a Grécia não está em condições de saldar.

O Governo grego propõe também transformar os empréstimos bilaterais correspondentes ao primeiro resgate em obrigações perpétuas ou dependentes da evolução do PIB grego.

Para saldar o empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI), o executivo grego propõe pagar imediatamente 45% (nove mil milhões de euros de um total de 19.960 milhões de euros).

O documento propõe também uma redução de 50% do empréstimo contraído com o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), no valor de 144 mil milhões, e o aumento da taxa de juros de 2,5% para 5%.. 

Lusa
  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.