sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Rádio e televisão pública grega retomam emissões dois anos após encerramento

A sigla ERT da radiotelevisão pública da Grécia reapareceu hoje nos ecrãs, dois anos depois do encerramento forçado pelo anterior Governo, por alegada má gestão e falta de transparência. 

© Alkis Konstantinidis / Reuter

As letras brancas sobre o fundo azul da ERT surgiram nos ecrãs às 06:00 (03:00), enquanto tocava o hino nacional grego. 

Um programa informativo marcou o início da emissão, animada por um casal de apresentadores que exprimiram a "emoção" de voltarem a estar "no ar", dois anos após a extinção das estações de televisão e rádios públicas ERT, a 11 de junho de 2013.

A reabertura da ERT foi uma das promessas eleitorais do Governo liderado por Alexis Tsipras.

Uma lei recente que permitiu a reabertura da ERT prevê a reintegração dos antigos funcionários que assim o desejem. Em junho de 2013 eram 2.600 funcionários. 

Uma fonte do Ministério da Informação disse à AFP que até segunda-feira, 1.600 pessoas manifestaram o desejo de aderir à estrutura. As candidaturas estão abertas até 16 de junho.

O custo operacional do novo grupo ascende a 60 milhões de euros por ano e será cobertos por taxa, fixada em três euros por mês, de acordo com a lei.

Encerrada no âmbito da política de austeridade imposta pela 'troika' de credores, a ERT foi substituída em 2014 pelo Nerit, com apenas 500 trabalhadores, cerca de um quinto do pessoal empregado pela ERT. 

O encerramento da ERT provocou uma série de protestos em frente do edifício da estação, apoiados na altura pelo Syriza, e foi condenado pela União Europeia de Radiotelevisão (UER), que reúne as rádios e televisões públicas europeias.

Lusa
  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.