sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Falta de acordo sobre a Grécia pode ter consequências na economia mundial

As economias dos EUA e mundial podem sofrer "perturbações" se a Grécia e os seus credores não chegarem a acordo, afirmou hoje a presidente da Reserva Federal (Fed) norte-americana, Janet Yellen.

Yorgos Karahalis

"Na hipótese de não haver acordo, prevejo possíveis perturbações que podem afetar as perspetivas económicas na Europa e nos mercados financeiros mundiais", disse, durante uma conferência de imprensa. 

Desde há várias semanas que a Grécia e os seus credores -- Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional -- não conseguem chegar a acordo sobre um conjunto de reformas que permita o desbloqueio de um empréstimo de 7,2 mil milhões de euros.

"É uma situação muito complicada", comentou Yellen, que também se inquietou do impacto deste impasse na economia norte-americana. 

Os EUA têm uma exposição direta à Grécia "muito limitada" por via do comércio ou das finanças, mas não estão ao abrigo das repercussões de um cenário catastrófico na Europa. 

"Na medida em que há um impacto sobre a economia da Zona Euro (...) ou sobre os mercados financeiros mundiais, existirão sem dúvida repercussões nos EUA, que afetarão as nossas perspetivas", declarou a dirigente da Fed. 

Lusa
  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC