sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Falta de acordo sobre a Grécia pode ter consequências na economia mundial

As economias dos EUA e mundial podem sofrer "perturbações" se a Grécia e os seus credores não chegarem a acordo, afirmou hoje a presidente da Reserva Federal (Fed) norte-americana, Janet Yellen.

Yorgos Karahalis

"Na hipótese de não haver acordo, prevejo possíveis perturbações que podem afetar as perspetivas económicas na Europa e nos mercados financeiros mundiais", disse, durante uma conferência de imprensa. 

Desde há várias semanas que a Grécia e os seus credores -- Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional -- não conseguem chegar a acordo sobre um conjunto de reformas que permita o desbloqueio de um empréstimo de 7,2 mil milhões de euros.

"É uma situação muito complicada", comentou Yellen, que também se inquietou do impacto deste impasse na economia norte-americana. 

Os EUA têm uma exposição direta à Grécia "muito limitada" por via do comércio ou das finanças, mas não estão ao abrigo das repercussões de um cenário catastrófico na Europa. 

"Na medida em que há um impacto sobre a economia da Zona Euro (...) ou sobre os mercados financeiros mundiais, existirão sem dúvida repercussões nos EUA, que afetarão as nossas perspetivas", declarou a dirigente da Fed. 

Lusa
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, fez 100 dias este sábado. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52