sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Primeiro-ministro grego e presidente da Comissão Europeia falaram ao telefone

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Junker, falaram hoje ao telefone, na véspera de um Eurogrupo crucial para o futuro da Grécia, disseram fontes europeias. 

© Paul Hanna / Reuters

O primeiro-ministro grego telefonou a Jean-Claude Junker, depois de o presidente da Comissão Europeia ter indicado que não tinha voltado a contactar as autoridades gregas depois ter suspendido, no domingo, as negociações com a Grécia.

O telefonema apenas durou dois minutos e ambos decidiram manter-se em contacto, acrescentaram as mesmas fontes.

Jean-Claude Junker acusou na terça-feira o Governo grego de não contar a verdade ao povo sobre as propostas da Comissão Europeia para tentar alcançar um acordo entre a Grécia e os credores -- Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Creio que o debate dentro e fora da Grécia será mais fácil se o Governo grego contar exatamente o que a Comissão Europeia propõe realmente", disse Juncker.

Os ministros da Economia e Finanças da Zona Euro discutem na quinta-feira a crítica situação grega, mas com pouca expectativas de chegar a um acordo, apesar da urgência de alcançar um compromisso antes do dia 30, quando termina a prorrogação do segundo resgate do país.

A Grécia deve pagar até ao final do mês 1,6 mil milhões de euros ao FMI e sem um acordo e sem os 7,2 mil milhões de euros que ainda tem de receber do resgate dificilmente poderá cumprir as suas obrigações financeiras.

O ministro das Finanças grego, Yanos Varufakis, disse hoje não acreditar que os seus homólogos da Zona Euro alcancem um acordo que ponha fim ao bloqueio nas negociações entre Atenas e os seus credores.

Alexis Tsipras viaja na quinta-feira para a Rússia para um encontro com o Presidente Vladimir Putin e para participar no Fórum Económico Internacional.

Em dois meses, esta é a segunda visita que o chefe do Governo grego realiza à Rússia.

Lusa
  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC