sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Primeiro-ministro grego e presidente da Comissão Europeia falaram ao telefone

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Junker, falaram hoje ao telefone, na véspera de um Eurogrupo crucial para o futuro da Grécia, disseram fontes europeias. 

© Paul Hanna / Reuters

O primeiro-ministro grego telefonou a Jean-Claude Junker, depois de o presidente da Comissão Europeia ter indicado que não tinha voltado a contactar as autoridades gregas depois ter suspendido, no domingo, as negociações com a Grécia.

O telefonema apenas durou dois minutos e ambos decidiram manter-se em contacto, acrescentaram as mesmas fontes.

Jean-Claude Junker acusou na terça-feira o Governo grego de não contar a verdade ao povo sobre as propostas da Comissão Europeia para tentar alcançar um acordo entre a Grécia e os credores -- Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Creio que o debate dentro e fora da Grécia será mais fácil se o Governo grego contar exatamente o que a Comissão Europeia propõe realmente", disse Juncker.

Os ministros da Economia e Finanças da Zona Euro discutem na quinta-feira a crítica situação grega, mas com pouca expectativas de chegar a um acordo, apesar da urgência de alcançar um compromisso antes do dia 30, quando termina a prorrogação do segundo resgate do país.

A Grécia deve pagar até ao final do mês 1,6 mil milhões de euros ao FMI e sem um acordo e sem os 7,2 mil milhões de euros que ainda tem de receber do resgate dificilmente poderá cumprir as suas obrigações financeiras.

O ministro das Finanças grego, Yanos Varufakis, disse hoje não acreditar que os seus homólogos da Zona Euro alcancem um acordo que ponha fim ao bloqueio nas negociações entre Atenas e os seus credores.

Alexis Tsipras viaja na quinta-feira para a Rússia para um encontro com o Presidente Vladimir Putin e para participar no Fórum Económico Internacional.

Em dois meses, esta é a segunda visita que o chefe do Governo grego realiza à Rússia.

Lusa
  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.