sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Destino dos gregos e do euro "jogam-se hoje em boa parte", admite comissário europeu

O comissário europeu para os Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, admitiu hoje que "o destino da Grécia e do euro são hoje jogados em boa parte", horas antes do início de uma cimeira extraordinária dos líderes europeus. 

reuters

A crise grega tem motivado várias reuniões consideradas muito importantes, "mas desta vez é decisiva", declarou o comissário, afirmando acreditar num acordo esta noite. 

A Grécia entregou novas propostas aos credores para evitar um incumprimento dos pagamentos financeiros, revelou o chefe de gabinete do presidente da Comissão Europeia, Martin Selmayr, através da rede social Twitter.

A Grécia está a menos de duas semanas de expirar o programa de resgate e o prazo para pagar 1,6 mil milhões de euros ao FMI, o que acontece a 30 de junho.



  • Grécia admite cortar nas pensões para evitar saída do euro
    2:51

    Economia

    O governo grego admite mexer nas pensões para evitar a saída do euro. O novo plano de reformas foi preparado este fim-de-semana em dois conselhos de ministros extraordinários e com muitos telefonemas pelo meio. Tsipras esteve em contacto direto com o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, também com a chanceler alemã Angela Merkel, e ainda com o Presidente de França, François Hollande, para lhes apresentar as novas propostas. O Presidente francês afirmou mesmo que a Grécia já não pode perder mais tempo.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.