sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Reunião entre Tsipras e credores termina sem declarações

A reunião desta quarta-feira à noite entre o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e os credores internacionais já terminou. No final, não foram prestadas quaisquer declarações aos jornalistas.

Tsipras esteve reunido com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi e a diretora do FMI, Christine Lagarde. (Arquivo)

Tsipras esteve reunido com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi e a diretora do FMI, Christine Lagarde. (Arquivo)

© Yves Herman / Reuters

Tsipras esteve reunido com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi e a diretora do FMI, Christine Lagarde.

A Grécia tem até 30 de junho para pagar 1,6 mil milhões de euros ao FMI e sem um acordo não terá dinheiro para cumprir esse compromisso.

Segundo vários meios de comunicação social, os credores insistem em mais cortes nas pensões, incluindo no complemento de solidariedade dado no caso das reformas mais baixas, em que a idade de reforma seja aumentada gradualmente para atingir os 67 anos em 2022 (três anos mais cedo do que pretendia Atenas) e mais aumentos do IVA (imposto sobre o consumo). 

Bruxelas, FMI e BCE querem ainda uma subida menor no imposto sobre as grandes empresas do que o proposto pelo Governo helénico, sugerindo que aumente de 26% para 28% e não para 29%.
  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31

    País

    Os condutores portugueses estão a usar cada vez mais o carro e cada vez menos os transportes públicos. Um inquérito apresentado esta terça-feira pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP) mostra que quase metade admite falar ao telemóvel enquanto conduz e cerca de um quinto já adormeceu ao volante enquanto conduzia.

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • "Shutdown" nos EUA chegou ao fim
    1:05