sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

China espera que Atenas "saia depressa" da crise

A China manifestou-se hoje esperançada que a Grécia possa "sair depressa" da atual crise e reafirmou o apoio a uma "zona euro forte". 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Yannis Behrakis / Reuters

"Esperamos que as negociações e as consultas acerca da crise da divida grega avancem de modo a que Grécia saia da crise tão depressão quanto possível", disse o porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, Lu Kang, em resposta à uma pergunta da agência Lusa em Pequim. 


"A China sempre foi a favor de uma zona euro forte", acrescentou. 


Segunda economia mundial, com as maiores reservas cambiais do planeta, estimadas em mais de três biliões de dólares, a China é também um importante parceiro económico da Grécia. 


A exploração de dois terminais de contentores do porto do Pireu, nos arredores de Atenas, foi entregue em 2010 à China Ocean Shipping Group (Cosco), através de um contrato de 'leasing' de 35 anos. 


Aquele consórcio estatal chinês já investiu cerca de 4.500 milhões de euros no Pireu e é candidato à compra de 67% do capital da Autoridade Portuária local. 


Questionado também sobre as expectativas de Pequim acerca da próxima cimeira União Europeia-China, na segunda-feira, em Bruxelas, o porta-voz do MNE chinês disse que a reunião "ampliará a compreensão mutua" e "irá forjar parcerias para novos avanços". 


Será a primeira cimeira desde que Jean-Claude Juncker assumiu a presidência da Comissão Europeia, sucedendo ao português José Manuel Barroso, e o ex-primeiro-ministro polaco Donald Tusk sucedeu a Herman van Rompuy no cargo de presidente do Conselho Europeu, no final do ano passado 


A União Europeia é o maior parceiro comercial da China, com um volume médio de transações superior a 1.000 milhões de euros por dia.


Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.