sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Princípio de acordo entre credores mas Grécia não cede

O primeiro-ministro grego e os credores internacionais chegaram esta manhã a um princípio de acordo entre as várias instituições credoras da Grécia, mas os gregos não terão aceite as condições da Comissão Europeia, do BCE e do FMI. Os documentos técnicos aprovados seguem agora para a reunião do Eurogrupo, para validação pelos ministros das Finanças da zona euro.

JULIEN WARNAND

O encontro teve início às 9:00 horas (10:00 horas em Lisboa) na sede da Comissão Europeia e nele participaram, além de Alexis Tsipras, os presidentes do executivo comunitário, Jean-Claude Juncker, do Banco Central Europeu (BCE, Mario Draghi, e do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, e o responsável pelo Mecanismo Europeu de Estabilidade, Klaus Regling. 

As mesmas personalidades reuniram-se por duas vezes na quarta-feira, sem que se tenha chegado a qualquer acordo sobre a entrega de uma parcela de 7,2 mil milhões de euros da ajuda externa à Grécia, ma próxima terça-feira, dia em que Atenas tem que pagar 1,6 mil milhões de euros de empréstimos ao FMI, sem que tenha dinheiro para isso. 

Os encontros multiplicam-se com o aproximar da hora do início da terceira reunião dos ministros das Finanças da zona euro, marcado para as 13:00 horas (14:00 horas em Lisboa). 


Com Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC