sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Berlim recomenda aos alemães que levem dinheiro se forem à Grécia

O Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão recomendou hoje aos alemães que pretendam ir para a Grécia que levem dinheiro suficiente, já que o país está à beira do colapso bancário.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Berlim convida igualmente os alemães de partida para a Grécia, um dos seus destinos de férias preferidos, que se mantenham informados "sobre a evolução da situação através das recomendações do ministério e dos meios de comunicação social.

Também a Holanda recomendou prudência aos viajantes, explicando que pode "ser difícil pagar com cartão de crédito".

"Levem dinheiro suficiente para cobrir todos os vossos custos até ao regresso", indica o ministério holandês dos Negócios Estrangeiros na sua página na internet.

A Alemanha alerta também para os tempos de espera significativos para levantar dinheiro ao balcão dos bancos ou nas caixas multibanco.

Os gregos, inquietos quanto ao futuro do país, têm formado longas filas junto às caixas de multibanco, ao longo do fim de semana, face à possibilidade de os bancos gregos encerrarem na segunda-feira e ser instaurado o controlo de capitais para tentar conter os levantamentos bancários.

A Grécia é um dos principais destinos de férias dos alemães, tendo recebido 2,5 milhões de turistas germânicos no ano passado, 8,5% acima do valor registado em 2013.



Com Lusa
  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.