sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Marcada manifestação para amanhã em Atenas

Vários movimentos sociais gregos convocaram para segunda-feira às 19:30 (17:30 em Lisboa) uma manifestação de solidariedade para com o Governo grego, que irá decorrer na praça Syntagma, no centro de Atenas, disse à Lusa fonte da organização.

EPA

A mesma fonte indicou que a manifestação foi marcada para demonstrar solidariedade para com o Governo de Alexis Tsipras e para contestar as medidas de austeridade e o que consideram ser "chantagem das instituições europeias" para com "o povo grego". 

Os organizadores, que dizem ser favoráveis à realização do referendo marcado para 05 de julho, esperam que milhares de pessoas se desloquem à praça, depois da decisão de sábado do Eurogrupo de não aceitar um prolongamento do prazo do plano de resgate à Grécia, que termina na próxima terça-feira.

Entretanto, hoje, o primeiro-ministro grego anunciou que solicitou novamente aos credores um prolongamento do resgate financeiro, que foi rejeitado pelo Eurogrupo no sábado.

Numa mensagem transmitida através da televisão, após um Conselho de Ministros de emergência, Tsipras informou que pediu ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e aos líderes da zona euro o prolongamento do resgate por alguns dias.

Alexis Tsipras disse ainda que a Grécia vai introduzir o controlo de capitais e anunciou que os bancos vão estar encerrados na segunda-feira, garantindo que as poupanças, salários e pensões estão a salvo.
Lusa

  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Concerto de homenagem às vítimas de Charlottesville
    2:17