sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Grécia propõe à União Europeia novo acordo de financiamento a dois anos

A Grécia pediu hoje à União Europeia um novo acordo de financiamento a dois anos para salvar o país da crise, anunciou o gabinete do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.  

Daniel Ochoa de Olza

Num documento dirigido ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF), o governo grego afirma que "continua à mesa das negociações" e "propôs hoje um acordo de dois anos" para cobrir as suas necessidades de financiamento. 

O documento não detalha o conteúdo do novo plano de assistência apresentado pela Grécia. 

Interrogado pela agência France Presse (AFP), o Fundo de Estabilização recusou comentar a situação. 

A proposta surge horas antes do fim do prazo para a Grécia reembolsar o Fundo Monetário Internacional (FMI) em quase 1.600 milhões de euros. 

"O governo grego vai procurar até ao fim uma solução viável no interior do euro", acrescenta em comunicado o gabinete de Alexis Tsipras, segundo o qual o referendo de domingo deverá enviar "uma mensagem de um 'Não' a um mau acordo".

Vários dirigentes europeus declararam entender que uma vitória do 'Não' no referendo será interpretada como um 'Não' à moeda única. 

A iniciativa grega acontece um dia depois de o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, propor uma solução "de último minuto", pedindo ao Governo grego para "aceitar o último plano dos credores datado de sábado e comprometer-se a apelar aos gregos que votem 'sim' no referendo de domingo".

O referendo referir-se-á não à última proposta referida por Juncker, mas a uma precedente, datada de 25 de julho, e que Atenas já rejeitou categoricamente.

Lusa

 

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.