sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Merkel não volta às negociações com a Grécia antes do referendo de domingo

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou hoje que a Alemanha não vai voltar a entrar em negociações com a Grécia antes do referendo convocado para este domingo, avançou fonte parlamentar.  

Markus Schreiber

"Antes do referendo, a Alemanha não pode negociar um novo pedido" de assistência, terá afirmado Merkel de acordo com este parlamentar do partido de Merkel, a União Democrata Cristã, citado pela AFP.

O gabinete do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, anunciou hoje que pediu à União Europeia um novo acordo de financiamento a dois anos para salvar o país da crise.

Num documento dirigido ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira, o governo grego afirma que "continua na mesa das negociações" e "propôs hoje um acordo de dois anos" para cobrir as suas necessidades de financiamento.

A proposta surge horas antes do fim do prazo para a Grécia reembolsar o Fundo Monetário Internacional (FMI) em quase 1.600 milhões de euros.

Na sexta-feira, a crise que opõe o Governo grego aos credores internacionais (Comissão Europeia, FMI e Banco Central Europeu) assumiu um rumo inédito: o primeiro-ministro grego anunciou a convocação de um referendo para 05 de julho sobre o programa apresentado pelos credores para desbloquear ajuda financeira ao país.

Lusa

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.