sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crowdfunding para a Grécia recolhe quase um milhão de euros

Uma campanha de recolha de fundos via internet, iniciativa conhecida por crowdfunding, impulsionada por um jovem britânico para obter os 1,6 mil milhões de euros que a Grécia deve ao Fundo Monetário Internacional (FMI) soma quase um milhão de euros.

Nos últimos três dias, mais de 58.000 pessoas contribuíram, com mais de 900 mil euros para a campanha de recolha de fundos iniciada pelo inglês Thom Feeney, empregado de uma sapataria no centro de Londres, no site Indiegogo.

"Na União Europeia, vivem cerca de 503 milhões de pessoas; se todos nós dermos alguns euros, podemos fazer com que a Grécia saia desta", afirma o jovem de 29 anos na apresentação do projeto.

A iniciativa ficará aberta durante uma semana e a página que a aloja só retirará o dinheiro das contas dos doadores se for alcançado o montante de 1.600 milhões de euros.

Feeney oferece diversas recompensas pela contribuição na sua proposta: a quem enviar três euros, enviará um postal com a imagem do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, ao passo que quem contribuir com seis euros receberá uma salada grega com queijo feta.

Por 25 euros, uma quantia já doada por 2.747 pessoas, o jovem retribuirá com uma garrafa de vinho grego e, por 5.000 euros, organizará uma semana de férias em Atenas para duas pessoas, uma opção que conta já com cinco doadores.

"Isto é uma piada? Não. Posso entender porque algumas pessoas poderão pensar que se trata de uma piada, mas o crowdfunding pode realmente ajudar", declara o jovem britânico.

"Estava farto de ver como a crise grega se move em círculos e não avança. Enquanto os políticos vacilam, isto pode ter um efeito real sobre as pessoas", sustentou Feeney.

 

Com Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.