sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Moody's corta notação da dívida grega

A agência de notação financeira Moody's cortou hoje a nota da dívida pública grega para Caa3, o que agravou o seu posicionamento em terreno especulativo.

A redução da nota em um escalão foi justificada com o argumento de agora é menos provável que os credores oficiais apoiem o país, independentemente do que aconteça no referendo de domingo.

A redução da nota em um escalão foi justificada com o argumento de agora é menos provável que os credores oficiais apoiem o país, independentemente do que aconteça no referendo de domingo.

Petros Giannakouris / AP

A redução da nota em um escalão foi justificada com o argumento de agora é menos provável que os credores oficiais apoiem o país, independentemente do que aconteça no referendo de domingo. 

Esta notação coloca o 'rating' da Grécia em apenas dois graus acima do estado de falência e ocorre depois do fim do programa de assistência financeira da União Europeia à Grécia, sem substituto, na terça-feira, e do não reembolso pela Grécia de um empréstimo do Fundo Monetário Internacional. 

Com o país e os credores a aguardarem agora pelo resultado do referendo sobre a aceitação de um programa de reformas proposto por estes, a Moody's afirmou que a votação "acrescenta mais um risco, mais agudo, para os credores privados". 

As agências Standard & Poor´s e Fitch tinham já agravado a notação financeira da Grécia.

Lusa

  • Tsipras pressionado a aceitar acordo com credores
    1:05

    Crise na Grécia

    O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras deverá ir até ao último minuto para tentar incluir no acordo condições mais favoráveis, incluindo a questão da reestruturação da dívida. Um acordo é essencial para resolver o problema de liquidez da Grécia. Fontes europeias dão conta que um entendimento pode abrir a porta à devolução de mais de 1800 milhões de euros dos lucros que o eurosistema fez com a dívida grega, em 2014, o suficiente para que Atenas não falhe o pagamento ao FMI na próxima terça-feira.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.