sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Bruxelas avisa que vitória do "Não" enfraquece poder negocial dos gregos

Bruxelas avisa que vitória do "Não" enfraquece poder negocial dos gregos

A Comissão Europeia avisa que, seja qual for o resultado do referendo na Grécia, o país perdeu poder negocial perante os credores. Ainda assim, Alexis Tsipras mantém o apelo ao "Não".

  • Tsipras quer corte de 30% da dívida, Dijsselbloem desmente Varoufakis

    Crise na Grécia

    O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, afirmou hoje que deseja "um corte de 30% da dívida" da Grécia e um período de carência de 20 anos para assegurar "a viabilidade" da mesma.  Entretanto, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, negou que as conversações com o Governo grego tenham sido retomadas e que um acordo entre as partes esteja próximo, desmentindo o ministro das Finanças de Atenas.

  • Tribunal grego confirma referendo no domingo

    Crise na Grécia

    O principal tribunal administrativo da Grécia, o Conselho de Estado, rejeitou o recurso de dois cidadãos contra a realização do referendo no próximo domingo. Fica assim confirmada a consulta popular, que questiona o acordo proposto pelos credores.

  • Primeiro-ministro grego apela de forma veemente ao voto no "Não"
    1:45

    Crise na Grécia

    Em vésperas do referendo, o primeiro-ministro grego apelou de forma veemente ao voto no "não". Tsipras pediu ao povo grego que digam "não" a ultimatos, a chantagens e ao medo, e que decidam com calma o futuro. Este apelo marcou o dia na Grécia. A dois dias do referendo ao plano de resgate financeiro, as sondagens indicam um empate técnico na votação.

  • Samaras acusa Tsipras de mentir ao povo grego
    0:48

    Crise na Grécia

    A campanha do "Sim" na Grécia é sobretudo feita pelo partido Nova Democracia, de Antonis Samaras. O ex-primeiro ministro grego acusou esta sexta-feira Alexis Tsipras de mentir ao povo, ao garantir que logo a seguir ao referendo vai conseguir negociar com os credores um melhor acordo para os gregos.

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.