sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Manifestações em Atenas reúnem 25 mil pelo "não" e 20 mil pelo "sim"

Cerca de 25 mil pessoas estão hoje a manifestar-se em Atenas pelo 'Não' no referendo de grego de domingo, enquanto 20 mil estão reunidas em apoio ao 'Sim', indicam números divulgados pela polícia.   

© Kai Pfaffenbach / Reuters

Este balanço atualizado às 21:00 locais (19:00 de Lisboa) sucede a um outro feito meia hora antes, em que a polícia estimava em cerca de 15.000 as pessoas presentes na manifestação em defesa do 'Não' e em 12.000 as reunidas em apoio ao 'Sim'.

Na praça Syntagma, em frente ao parlamento grego, os manifestantes pelo 'Não' às medidas de austeridade exigidas pelos credores internacionais da Grécia -- Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional (FMI) -- brandem cartazes onde se lê "Não a um Passo Atrás", "Não à Chantagem", "Não a Todos os Memorandos" e "Não Até ao Fim".

A menos de um quilómetro dali, em frente ao estádio Panatenaico, um importante local turístico da capital grega onde se realizaram os primeiros Jogos Olímpicos modernos, em 1896, os apoiantes do 'Sim' repetem palavras de ordem a favor da Europa, por entre um mar de bandeiras gregas e de cartazes com a palavra 'Sim'.

Oradores da esquerda portuguesa, espanhola e alemã encontram-se numa tribuna da praça Syntagma, onde discursarão em defesa do 'Não', tal como o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

No início da manifestação, um pequeno grupo de jovens encapuzados atirou pedras a cerca de 200 metros da praça onde se situa o parlamento, e a polícia respondeu com granadas atordoantes e deteve uma pessoa, segundo fonte policial.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.