sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Euro recupera após demissão de ministro de Varoufakis

O euro subiu hoje após a notícia da demissão do ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, um dos principais intervenientes nas negociações com os credores europeus.

© Pawel Kopczynski / Reuters

A moeda única das 19 nações do Eurogrupo subiu para 1,1088 dólares, dos 1,1027 antes do anúncio, e depois de ter caído para 1,0963 dólares em Nova Iorque, no domingo, nas trocas eletrónicas que antecedem a abertura dos mercados asiáticos, após ser divulgada a vitória do 'Não' no referendo grego.

Opinativo e confrontacional, Varoufakis entrou várias vezes em conflito com os credores e recusou ceder às exigências de maior austeridade.

No entanto, o ministro anunciou que ia abandonar o cargo horas após o 'Não' ter vencido com 61,31% dos votos.

 

Lusa

  • Varoufakis anuncia demissão

    Crise na Grécia

    O ministro das Finanças grego anunciou hoje a sua demissão, um dia depois do "não" às condições impostas pelos credores ter ganho no referendo na Grécia. Varoufakis diz que é considerado "indesejável" por alguns no Eurogrupo. O nome do sucessor de Varoufakis deverá ser apresentado esta manhã.

  • Demissão de Varoufakis "é uma meia surpresa"
    5:14

    Economia

    O ministro das Finanças grego anunciou a sua demissão, na manhã seguinte ao referendo da Grécia. O enviado da SIC a Atenas, Anselmo Crespo, diz que a decisão de Varoufakis "é uma meia supresa", uma vez que muitos já esperam que saísse do Executivo, qualquer que fosse o resultado.

  • Esquerda saúda "não" grego, direita defende soluções realistas
    2:14

    Crise na Grécia

    Em Portugal, a reação dos partidos políticos ao "Não" na Grécia foi sobretudo saudada pela esquerda. O Bloco diz que é o fim da chantagem e o PCP que esta foi uma derrota da União Europeia. Já o PS diz que é preciso o Governo português não fazer de conta que esta situação não afeta Portugal. CDS e PSD dizem que fica nas mãos do governo de Tsipras o dever de apresentar uma solução aos parceiros europeus.

  • Europa discute "lição de democracia" de Tsipras e da Grécia
    3:20

    Crise na Grécia

    A vitória do "não" que conquistou mais de 61% dos votos no referendo grego é discutida hoje entre os países membros e as instituições europeias. O Eurogrupo reúne-se amanhã, no mesmo dia em que há cimeira extraordinária dos chefes de Estado e governo da zona euro. O primeiro-ministro grego diz-se aberto a prosseguir com as negociações e defende que a Grécia deu uma verdadeira lição de democracia ao dizer "não" a mais austeridade.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.