sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI está pronto para ajudar Atenas se assim for pedido

O Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou hoje que está a acompanhar "de perto" a situação na Grécia e que está "pronto para ajudar o país, se assim for pedido", segundo uma declaração da diretora-geral da instituição. 

© Jonathan Ernst / Reuters

"O FMI tomou nota do referendo que ocorreu ontem [no domingo] na Grécia. Estamos a monitorizar a situação de perto e estamos prontos para ajudar a Grécia se assim for pedido", afirma a diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, numa curta declaração enviada à comunicação social.

No domingo, os gregos rejeitaram, em referendo e por ampla maioria (61,34 por cento), as propostas dos credores internacionais, (instituições europeias e Fundo Monetário Internacional), agravando o clima de incerteza na zona euro.

Hoje, o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, decidiu demitir-se, a pedido do primeiro-ministro grego e para o final do dia está agendado um encontro entre o chefe de Estado francês e a chanceler alemã, Angela Merkel, para discutir a crise atual.

Na sequência dos resultados do referendo, está também agendada para terça-feira uma cimeira extraordinária da zona euro, antecedida de uma reunião do Eurogrupo. Tsipras comprometeu-se já, depois de falar ao telefone com Merkel, em apresentar novas propostas na cimeira de líderes. 

 

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.