sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

PM grego apresenta propostas amanhã na cimeira de líderes da zona euro

O primeiro-ministro grego e a chancelar alemã chegaram hoje a um acordo para que Atenas apresente propostas na cimeira de líderes da zona euro, que se realiza amanhã.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

De acordo também com a agência de notícias grega ANA-MPA, Alexis Tsipras concordou com a apresentação de novas propostas, durante um telefonema com Angela Merkel.

A proposta do Governo grego para um resgate vai ser apresentada na Cimeira de Líderes da União Europeia convocada para terça-feira, segundo uma fonte governamental grega, que pediu anonimato.

Este acordo entre Atenas e Berlim surge depois de dois porta-vozes do Governo alemão terem dito esta manhã que não estavam ainda reunidas as condições para novas conversações e descartado negociações sobre uma reestruturação da dívida grega.

A notícia surge também antes do encontro de Angela Merkel com o presidente francês, François Hollande, marcado para esta noite, em Paris, um encontro crucial para consensualizar uma resposta europeia à crise grega.

Os gregos rejeitaram no domingo por ampla maioria as propostas dos credores internacionais, abrindo caminho à incerteza sobre a permanência da Grécia na zona euro.

Segundo os resultados apurados depois de escrutinados 95% dos votos, 61,31% dos gregos disseram 'Não' às propostas dos credores. 

Já hoje, o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, decidiu demitir-se, a pedido do primeiro-ministro e para o final do dia está agendado um encontro entre os chefes de Estado francês e alemão para discutir a crise atual.

Na sequência dos resultados do referendo, está também agendada para terça-feira uma cimeira extraordinária da zona Euro, antecedida de uma reunião do Eurogrupo. 

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47