sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Grécia pede 7 mil milhões de euros para as próximas 48 horas

O primeiro-ministro da Grécia pediu 7 mil milhões de euros para o país fazer face a despesas de emergência nas próximas 48 horas, avança a agência italiana de informação ANSA. Entretanto, o jornal alemão Sueddeutsche Zeitung adianta que as novas propostas gregas a apresentar ao Eurogrupo não têm grandes diferenças em relação ao plano dos credores que o país rejeitou em referendo no domingo.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O Sueddeutsche Zeitung refere que as propostas que o novo ministro das Finanças grego, Euclides Tsakalotos, irá apresentar aos seus homólogos da zona euro incluem a manutenção de um desconto IVA para as ilhas gregas e uma taxa de IVA de 13% nos restaurantes.

São também propostos cortes limitados na despesa da defesa, acrescenta o jornal.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.