sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Diretora do FMI considera "necessária" reestruturação da dívida grega

​A diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, considerou hoje "necessária" uma reestruturação da dívida grega e assegurou que continua "comprometida" com as tentativas para encontrar uma solução para a crise naquele país.

© Jonathan Ernst / Reuters

"Uma reestruturação da dívida (...) é, na nossa opinião, necessária no caso da Grécia, para que ela tenha uma dívida viável", declarou a francesa que dirige o Fundo Monetário Internacional (FMI), numa posição que contraria as opiniões da maioria dos países da zona euro.

O executivo de Atenas, que reclama uma redução da sua dívida pública, comprometeu-se na terça-feira a aprsentar um "novo programa de reformas credíveis", ao responder a um ultimato lançado pelos líderes da zona euro.

Sem se pronunciar diretamente sobre a promessa de reformas feita pelo Governo grego, Lagarde admitiu terem sido feitos "progressos importantes" e insistiu que Atenas tem de ultrapassar a "crise aguda" em que está envolvida.

Apesar de a Grécia ter entrado em incumprimento perante o FMI na passada semana, ao falhar o pagamento de uma tranche de 1,5 mil milhões de euros, a diretora-geral da instituição sediada em Washington garantiu estar "comprometida" com as tentativas para sair da crise.

"Nós continuamos plenamente comprometidos afim de encontrar uma solução", declarou.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.