sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Diretora do FMI considera "necessária" reestruturação da dívida grega

​A diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, considerou hoje "necessária" uma reestruturação da dívida grega e assegurou que continua "comprometida" com as tentativas para encontrar uma solução para a crise naquele país.

© Jonathan Ernst / Reuters

"Uma reestruturação da dívida (...) é, na nossa opinião, necessária no caso da Grécia, para que ela tenha uma dívida viável", declarou a francesa que dirige o Fundo Monetário Internacional (FMI), numa posição que contraria as opiniões da maioria dos países da zona euro.

O executivo de Atenas, que reclama uma redução da sua dívida pública, comprometeu-se na terça-feira a aprsentar um "novo programa de reformas credíveis", ao responder a um ultimato lançado pelos líderes da zona euro.

Sem se pronunciar diretamente sobre a promessa de reformas feita pelo Governo grego, Lagarde admitiu terem sido feitos "progressos importantes" e insistiu que Atenas tem de ultrapassar a "crise aguda" em que está envolvida.

Apesar de a Grécia ter entrado em incumprimento perante o FMI na passada semana, ao falhar o pagamento de uma tranche de 1,5 mil milhões de euros, a diretora-geral da instituição sediada em Washington garantiu estar "comprometida" com as tentativas para sair da crise.

"Nós continuamos plenamente comprometidos afim de encontrar uma solução", declarou.

Lusa

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Icebergue com 5.800 quilómetros quadrados está a deslocar-se na Antártida

    Mundo

    Um icebergue gigante está a deslocar-se na Antártida em direção ao mar de Weddell segundo as imagens de satélite reveladas. Trata-se do A68, um icebergue quatro vezes maior que a cidade de Londres. Com cerca de 5.800 quilómetros quadrados e triliões de toneladas, A68 é um dos maiores icebergues conhecidos.