sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Bolsas europeias em alta após conclusão de acordo para resgate à Grécia

 As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, depois dos chefes de Estado e de Governo da zona euro terem chegado hoje de manhã a um acordo sobre a ajuda à Grécia.           

© Issei Kato / Reuters

Cerca das 08:35 em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava a subir 1,22%, para 3.572,02 pontos.                                                                                                                                                                                     As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt estavam em alta, a avançarem 0,77%, 1,52% e 1,22%, respetivamente, bem como as de Madrid e de Milão, que estavam a subir 1,22% e 1,23%. 

 Depois de ter aberto em alta ligeira, a bolsa de Lisboa também acentuava a tendência e, cerca das 08:35, o principal índice, o PSI20, estava a valorizar-se 0,92%, para 5.743,68 pontos.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou na sexta-feira em alta, com o Dow Jones a subir 1,21%, para 17.760,41 pontos, depois de ter subido a 19 de maio passado até aos 18.312,39 pontos, o atual máximo de sempre desde que foi criado.

Ao nível cambial, o euro abriu hoje antes da conclusão do acordo em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1144 dólares, contra 1,1169 dólares no fecho de sexta-feira. 

O Banco Central Europeu (BCE) fixou na sexta-feira o câmbio de referência da divisa europeia em 1,1185 dólares.

Os chefes de Estado e de Governo da zona euro, reunidos em Bruxelas desde domingo à tarde, chegaram hoje de manhã a um acordo sobre a Grécia, ao cabo de 17 horas de negociações, anunciou o primeiro-ministro belga.

"Acordo", anunciou o primeiro-ministro belga, Charles Michel, na sua conta na rede social twitter.

Os líderes da zona euro estiveram reunidos, em Bruxelas, numa "maratona" negocial em busca de um acordo sobre um terceiro "resgate" à Grécia durante 19 horas de reunião.

A cimeira extraordinária da zona euro sobre a Grécia, apontada como decisiva para o futuro da Grécia na zona euro, teve início às 16:00 locais de domingo (15:00 de Lisboa), e foi interrompida por diversas vezes para consultas e reuniões à margem devido às diferenças entre as autoridades gregas e os seus credores.

De acordo com várias fontes, o Governo grego liderado por Alexis Tsipras acabou por concordar com a maioria das medidas reclamadas pelos credores, que terá que aprovar a nível legislativo até à próxima quarta-feira, tendo sido as divergências quanto a dois pontos, designadamente o fundo de privatizações reclamado pelos credores, assim como a participação do Fundo Monetário Internacional no novo programa de assistência, que fizeram prolongar em várias horas os trabalhos. 

Sem um acordo, a Grécia ficava muito próxima de uma saída da zona euro, o chamado "Grexit".

Portugal está representado no encontro pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que irá dar uma conferência de imprensa.

O barril de petróleo Brent, para entrega em agosto, abriu hoje em baixa, a cotar-se a 57,38 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 2,39% do que no encerramento da sessão anterior.

Lusa

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.