sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Gregos com calendário apertado para cumprir acordo

O acordo hoje fechado na cimeira da zona euro para se avançar com um terceiro programa de resgate à Grécia impõe condições a Atenas com calendários a curto prazo, segundo o texto das conclusões adotado.

© Yannis Behrakis / Reuters

Até quarta-feira, o Parlamento grego tem que aprovar medidas como o aumento do IVA e o alargamento da base tributária para aumentar as receitas fiscais, a reforma do sistema de pensões  - incluindo a garantia da sua sustentabilidade a longo prazo -, o assegurar da independência do instituto de estatísticas grego (ELSTAT) e a aplicação integral das principais normas previstas do Tratado de Estabilidade, Coordenação e Governação na União Económica e Monetária.

Até dia 22 de julho, os deputados em Atenas têm ainda que aprovar a adoção do Código de Processo Civil que inclui disposições que aceleram os processos judiciais e reduzem os seus custos e que transpor para a legislação nacional - com o apoio da Comissão Europeia -- as regras comuns para a recuperação e a resolução bancárias (diretiva DRRB), que regulamentam a prevenção das crises bancárias e asseguram a resolução ordenada dos bancos em situação de insolvência, minimizando, ao mesmo tempo, o impacto desses fenómenos na economia real e nas finanças públicas.

Os líderes da zona euro salientam que imediatamente após a adoção do primeiro pacote de medidas (as mais urgentes), bem como a validação parlamentar dos compromissos constantes no acordo, é que pode ser decidido um mandato para que as instituições negoceiem um memorando de entendimento com Atenas.

Até outubro, as autoridades gregas têm também que levar a cabo "reformas ambiciosas nas pensões" e "aplicar a cláusula do défice zero ou medidas alternativas aceites pelas partes".

O texto prevê também a privatização e do operador da distribuição de energia elétrica (Admie) ou medidas de substituição com valor equivalente.

No que respeita ao mercado laboral, prevê-se a modernização da negociação coletiva, incluindo os despedimentos.

Um programa de privatizações está também inscrito no acordo, sendo as verbas canalizadas para um fundo que monetiza ativos gregos.

Os chefes de Estado e de Governo da zona euro, reunidos em Bruxelas desde domingo à tarde, chegaram hoje de manhã a um acordo sobre a Grécia, ao cabo de 17 horas de negociações.

Lusa

  • Acordo "unânime" para a Grécia

    Crise na Grécia

    Depois de quase 17 horas de negociações em Bruxelas, os líderes da zona euro alcançaram um acordo "unânime" sobre a negociação do terceiro programa de assistência financeira à Grécia.  Passos Coelho diz que o documento é "equilibrado". O presidente da Comissão Europeia garante que Atenas continuará na zona euro. Merkel diz que os gregos terão que cumprir tudo o que ficou acordado.

  • Fumo branco para a Grécia

    Crise na Grécia

    Ao fim de quase 17 horas de negociações, já há acordo para a Grécia. Os chefes de Estado e de Governo da zona euro, reunidos em Bruxelas desde domingo à tarde, chegaram hoje de manhã a um acordo sobre a Grécia.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • Explosão próximo do aeroporto de Damasco

    Mundo

    A televisão do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio, noticiou hoje que a explosão ocorrida esta madrugada perto do aeroporto de Damasco "foi provavelmente" resultado de um ataque israelita contra depósitos de combustível.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • "Esta moda bizarra de não vacinar crianças tem tido estas consequências"
    1:43

    Surto de sarampo

    Há mais um caso de sarampo registado pela Direção-Geral da Saúde, no total já são 25. Francisco George garantiu que a situação não é preocupante para as crianças em idade escolar e recomendou uma discussão parlamentar sobre a vacinação. Mais de 11 mil pessoas já assinaram uma petição pública a defender a vacinação obrigatória. 

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.