sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Gregos com calendário apertado para cumprir acordo

O acordo hoje fechado na cimeira da zona euro para se avançar com um terceiro programa de resgate à Grécia impõe condições a Atenas com calendários a curto prazo, segundo o texto das conclusões adotado.

© Yannis Behrakis / Reuters

Até quarta-feira, o Parlamento grego tem que aprovar medidas como o aumento do IVA e o alargamento da base tributária para aumentar as receitas fiscais, a reforma do sistema de pensões  - incluindo a garantia da sua sustentabilidade a longo prazo -, o assegurar da independência do instituto de estatísticas grego (ELSTAT) e a aplicação integral das principais normas previstas do Tratado de Estabilidade, Coordenação e Governação na União Económica e Monetária.

Até dia 22 de julho, os deputados em Atenas têm ainda que aprovar a adoção do Código de Processo Civil que inclui disposições que aceleram os processos judiciais e reduzem os seus custos e que transpor para a legislação nacional - com o apoio da Comissão Europeia -- as regras comuns para a recuperação e a resolução bancárias (diretiva DRRB), que regulamentam a prevenção das crises bancárias e asseguram a resolução ordenada dos bancos em situação de insolvência, minimizando, ao mesmo tempo, o impacto desses fenómenos na economia real e nas finanças públicas.

Os líderes da zona euro salientam que imediatamente após a adoção do primeiro pacote de medidas (as mais urgentes), bem como a validação parlamentar dos compromissos constantes no acordo, é que pode ser decidido um mandato para que as instituições negoceiem um memorando de entendimento com Atenas.

Até outubro, as autoridades gregas têm também que levar a cabo "reformas ambiciosas nas pensões" e "aplicar a cláusula do défice zero ou medidas alternativas aceites pelas partes".

O texto prevê também a privatização e do operador da distribuição de energia elétrica (Admie) ou medidas de substituição com valor equivalente.

No que respeita ao mercado laboral, prevê-se a modernização da negociação coletiva, incluindo os despedimentos.

Um programa de privatizações está também inscrito no acordo, sendo as verbas canalizadas para um fundo que monetiza ativos gregos.

Os chefes de Estado e de Governo da zona euro, reunidos em Bruxelas desde domingo à tarde, chegaram hoje de manhã a um acordo sobre a Grécia, ao cabo de 17 horas de negociações.

Lusa

  • Acordo "unânime" para a Grécia

    Crise na Grécia

    Depois de quase 17 horas de negociações em Bruxelas, os líderes da zona euro alcançaram um acordo "unânime" sobre a negociação do terceiro programa de assistência financeira à Grécia.  Passos Coelho diz que o documento é "equilibrado". O presidente da Comissão Europeia garante que Atenas continuará na zona euro. Merkel diz que os gregos terão que cumprir tudo o que ficou acordado.

  • Fumo branco para a Grécia

    Crise na Grécia

    Ao fim de quase 17 horas de negociações, já há acordo para a Grécia. Os chefes de Estado e de Governo da zona euro, reunidos em Bruxelas desde domingo à tarde, chegaram hoje de manhã a um acordo sobre a Grécia.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.