sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Sindicato da função pública grega convoca greve de 24 horas

O sindicato dos funcionários públicos da Grécia, o Adedy, convocou hoje uma greve de 24 horas para a próxima quarta-feira, o dia apontado para a votação no parlamento das novas medidas de austeridade exigidas pelos credores, após o acordo alcançado esta manhã entre o governo de Atenas e a União Europeia. 

© Christian Hartmann / Reuters

"Fazemos um apelo para uma greve de 24 horas, ao mesmo tempo que se vota o acordo anti-popular, e para uma manifestação na Praça Syntagma" em Atenas, refere um comunicado do Adedy. 

Esta será a primeira greve desde que o Syriza chegou ao poder em janeiro.

O primeiro-minsitro grego já regressou entretanto a Atenas. Depois de ter chegado a acordo com os credores em Bruxelas, Alexis Tsipras voltou à sede do executivo grego. Pouco depois chegaram outros ministros, incluindo Euclid Tsakalotos, o novo ministro das Finanças.

O entendimento preliminar inclui duras medidas económicas que a Grécia terá de transformar em lei para poder aceder a novos empréstimos. 

Até quarta-feira, o chefe do governo grego vai ter de conseguir o apoio do parlamento helénico para avançar com um primeiro conjunto de medidas. O Eurogrupo irá depois ratificar o plano.

  • 48 horas para aprovar reformas em troca de 86 mil milhões
    2:48

    Crise na Grécia

    Há finalmente acordo entre a Grécia e os credores e, por isso, um novo pacote de austeridade vai a caminho de Atenas. Depois de 17 horas de reunião entre os líderes políticos da zona euro, o governo de Tsipras aceitou cumprir uma nova lista de reformas que terá de aprovar nos próximos dois dias. Em troca, vai receber mais 86 mil milhões de euros.

  • Cimeira "foi um verdadeiro golpe de estado"
    1:05

    Crise na Grécia

    O Bloco de Esquerda diz que o acordo alcançado com a Grécia é uma imposição chantagista por parte de uma União Europeia com traços colonialistas. Catarina Martins critica ainda Passos Coelho pelas posições de Portugal em todo o processo.

  • Acordo com Grécia dispara bolsas
    1:43

    Crise na Grécia

    Os mercados reagiram em alta à notícia do acordo. Ainda assim, os analistas continuam apreensivos. Temem que as reformas não sejam suficientes para assegurar o crescimento da economia e a sustentabilidade da dívida.

  • "Ganhou-se tempo e evitou-se o caos"
    3:34

    Crise na Grécia

    O acordo entre a Europa e a Grécia "é de uma eficácia muito duvidosa", considera o diretor executivo do Expresso. Pedro Santos Guerreiro diz que "tinha que haver um acordo antes do dia começar para evitar o caos" e que "a repetição de austeridade continua a agravar o problema de falta de crescimento".

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC