sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Vice-ministra das Finanças demite-se e anuncia voto contra acordo

A vice-ministra grega das Finanças, Nadia Valavani, apresentou hoje a demissão, através de uma carta enviada ao primeiro-ministro, na qual afirma que o acordo assinado na segunda-feira de manhã com os credores "não é viável".

© Yannis Behrakis / Reuters

"Não vou votar a favor do projeto de lei [que adota o acordo com os credores] e penso que não posso ficar no Governo votando contra", disse Valavani, deputada do partido Syriza, em declarações citadas por agência sinternacionais.

Na carta que enviou ao primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, a agora ex-governante explica que considera que o acordo foi, na verdade, "uma solução imposta à Grécia" e que o próprio desenho do pacote de reformas "não é viável".

A demissão surge na sequência do acordo assinado na segunda-feira de manhã entre a Grécia e os credores internacionais, depois de um fim de semana de intensas negociações em Bruxelas.

No princípio da semana, o próprio primeiro-ministro tinha previsto divisões no seio do seu próprio partido e chegou mesmo a dizer que iria confiar na oposição para fazer aprovar o novo pacote de austeridade, em troca de apoio financeiro para fazer face a compromissos de curto prazo, entre os quais o pagamento de 3,5 mil milhões de euros ao Banco Central Europeu já na segunda-feira.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.