sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Mario Draghi admite que Grécia deu confiança ao Banco Central Europeu

Mario Draghi admite que Grécia deu confiança ao Banco Central Europeu

O Banco Central Europeu vai abrir mais a torneira aos bancos gregos. São mais 900 milhões de euros, que se somam aos 89 mil milhões que já estavam disponíveis. O presidente do BCE, Mario Draghi, diz que a situação se alterou para melhor e que, por isso, foi possível tomar esta decisão.

  • Draghi resistiu a pressões para cortar financiamento aos bancos gregos
    0:48

    Crise na Grécia

    O presidente do Banco Central Europeu diz que a decisão de a Grécia ficar no euro é responsabilidade do governo grego e da Europa. O BCE limita-se a fazer o seu trabalho com base nesta decisão. Mario Draghi confessou hoje que houve muita pressão sobre a instituição para cortar a linha de emergência à Grécia há muito tempo. O BCE decidiu hoje aumentar a linha de liquidez de emergência para os bancos gregos.

  • De acordo em acordo até ao desastre final

    António José Teixeira

    Já não chegava o desgoverno de décadas, a Grécia prepara-se agora para sofrer a terceira penitência em cinco anos dos seus salvadores europeus. Dividida, humilhada, revoltada, agora resignada, travada pelo mêdo de males ainda maiores, não parece ter outro remédio senão vergar-se à protecção dos credores. Já muito dinheiro chegou e fugiu. Boa parte dos gregos não deram por ele. Mas sabem que, mesmo só o vendo fugir, é preciso que continue a correr. Ninguém sabe quando é que o deve se aproximará do haver. O que se sabe é que nem devedores nem credores querem que a circulação monetária se interrompa. É isso que os mantem ligados, mesmo que sem convicção.

  • Linha de crédito para bancos gregos com mais 900 milhões por uma semana
    2:34

    Crise na Grécia

    O Banco Central Europeu vai aumentar a ajuda aos bancos e a Europa prepara-se para libertar sete mil milhões de euros para a Grécia. No país já se fala de eleições antecipadas, ainda este verão. O Syriza está totalmente dividido e a contestação voltou às ruas. A linha de crédito para os bancos gregos terá mais 900 milhões de euros por uma semana.

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.