sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI diz que Atenas fez os pagamentos em atraso

O Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou hoje que a Grécia fez o pagamento de 2 mil milhões de euros que devia ter feito à instituição nas últimas semanas e deixou de estar em incumprimento.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

"Posso confirmar que a Grécia liquidou hoje o que devia ao FMI e deixou de ter pagamentos em atraso", indicou o porta-voz Gerry Rice em comunicado.

Atenas tinha dois reembolsos em atraso ao FMI, um de 1,5 mil milhões de euros, que venceu no final de junho, e um outro no valor de 500 milhões de euros.

O pagamento foi feito no mesmo dia em que a Grécia recebeu do Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira um financiamento intercalar de 7,16 mil milhões de euros para fazer face aos seus problemas de liquidez.

Uma vez que deixou de ter pagamentos em atraso, Atenas volta a poder aceder a empréstimos do FMI.

"O FMI está pronto para continuar a ajudar a Grécia nos seus esforços para regressar à estabilidade financeira e ao crescimento", acrescentou Gerry Rice.

Lusa

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19