sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Mais medidas de austeridade em debate no Parlamento grego

O Parlamento grego volta a debater mais medidas de austeridade, resultantes do acordo feito com os credores.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

As propostas foram submetidas hoje e vão ser votadas amanhã pelos deputados. Em causa estão novas regras para agir em relação aos bancos em risco.

Os deputados debatem ainda alterações ao Código de Processo Civil que permitam agilizar os processos judiciais, cortando custos.

Os analistas prevêm mais uma semana difícil para o partido de Alexis Tsipras que, na semana passada, teve de contar com o apoio da oposição para aprovar novas medidas de austeridade.

  • Gregos começam a sentir novas medidas de austeridade
    2:21

    Crise na Grécia

    Os bancos da Grécia reabriram esta segunda-feira mas foi, acima de tudo, um procedimento simbólico. O controlo de capitais mantém-se, com restrições aos levantamentos e transferências. Os gregos têm o dinheiro contado e, a partir de hoje, preços mais elevados com o aumento do IVA, como constata a enviada da SIC a Atenas, Cândida Pinto.

  • Grécia salda dívidas ao FMI e ao BCE
    2:09

    Crise na Grécia

    A Grécia já pagou tudo o que devia ao Fundo Monetário Internacional e ao Banco Central Europeu. Para isso, Atenas socorreu-se dos sete mil milhões de euros que recebeu de emergência dos parceiros europeus. e assim consegue aguentar-se até ao final de agosto, altura em que se espera que já esteja garantido o terceiro resgate.

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15