sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI espera negociações difíceis sobre novo resgate à Grécia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) previu hoje que as negociações para um novo programa de assistência financeira à Grécia serão "difíceis" e considerou que primeiro é necessário um compromisso "concreto" dos europeus quanto ao alívio da dívida do país.

YANNIS KOLESIDIS

"O caminho parece difícil e estamos apenas no início do processo", declarou o porta-voz Gerry Rice, acrescentando que a participação do FMI "depende" do resultado das conversações sobre as reformas e a dívida.

Após cinco meses de impasse, Atenas e os credores europeus concluíram a 13 de julho um acordo que prevê um novo programa de assistência ao país, mas as modalidades deste resgate ainda têm de ser negociadas.

O FMI, que tem estado associado aos dois resgates da Grécia desde 2010, condicionou a participação futura a um alívio pelos europeus da dívida grega, que ronda 180% do produto interno bruto.

"Quanto ao alívio da dívida é preciso um compromisso preciso, concreto", dos europeus, afirmou Rice, numa altura em que alguns dirigentes da zona euro se mostram menos intransigentes quanto a esta ideia.

Lusa

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.