sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI espera negociações difíceis sobre novo resgate à Grécia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) previu hoje que as negociações para um novo programa de assistência financeira à Grécia serão "difíceis" e considerou que primeiro é necessário um compromisso "concreto" dos europeus quanto ao alívio da dívida do país.

YANNIS KOLESIDIS

"O caminho parece difícil e estamos apenas no início do processo", declarou o porta-voz Gerry Rice, acrescentando que a participação do FMI "depende" do resultado das conversações sobre as reformas e a dívida.

Após cinco meses de impasse, Atenas e os credores europeus concluíram a 13 de julho um acordo que prevê um novo programa de assistência ao país, mas as modalidades deste resgate ainda têm de ser negociadas.

O FMI, que tem estado associado aos dois resgates da Grécia desde 2010, condicionou a participação futura a um alívio pelos europeus da dívida grega, que ronda 180% do produto interno bruto.

"Quanto ao alívio da dívida é preciso um compromisso preciso, concreto", dos europeus, afirmou Rice, numa altura em que alguns dirigentes da zona euro se mostram menos intransigentes quanto a esta ideia.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".