sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Atenas suaviza restrições bancárias, gregos podem viajar com 2.000 €

A Grécia suavizou novamente as restrições bancárias impostas há quase um mês e agora os cidadãos gregos podem levar consigo 2.000 euros em dinheiro ou o seu equivalente em moeda estrangeira nas suas viagens ao estrangeiro.

O novo decreto publicado pelo Ministério das Finanças destaca ainda que os estrangeiros podem continuar a levantar quantidades ilimitadas de dinheiro.

Por outro lado, as empresas de navegação poderão levantar 50.000 euros por dia.

Na segunda-feira, dia em que os bancos gregos reabriram as portas, após três semanas de encerramento, o Ministério das Finanças deu passos para um primeiro alívio das limitações nas transferências para o estrangeiro, ao permitir que o país com filhos a estudar fora da Grécia pudessem transferir 5.000 euros por trimestre.

Ao mesmo tempo, permitiu a transferência para o estrangeiro de um máximo de 2.000 euros para gastos médicos.

Para ultrapassar as restrições que tiveram impacto nas importações, o Banco da Grécia anunciou na sexta-feira que irá agilizar o processo de pagamentos comerciais ao estrangeiro.

Nesse sentido, vai aumentar, com efeitos imediatos, de 50.000 a 100.000 euros a transferência que cada cliente poderá efetuar para gastos com as importações.

Entretanto, mantém-se o limite de 60 euros para levantamento de dinheiro em caixas automáticas, embora a partir da próxima sexta-feira as pessoas que não tenham levantado dinheiro durante a toda semana poderão fazê-lo no montante máximo de 420 euros.

Os preparativos para a reabertura da bolsa de Atenas estão a decorrer, embora não haja data oficial, com os meios de comunicação social gregos a indicarem segunda-feira como data provável.

Lusa

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.