sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Comité central do Syriza aprova realização de congresso do partido em setembro

O comité central do Syriza, partido no poder na Grécia, votou hoje a favor da realização de um congresso extraordinário, em setembro, para definir uma posição comum em relação ao acordo com os credores.

YANNIS KOLESIDIS

Segundo fontes próximas do partido, a proposta foi apresentada pelo primeiro-ministro, Alexis Tsipras, que também dirige o partido de esquerda radical.

A proposta terá sido feita na abertura da reunião do comité central, hoje de manhã, durante a qual alguns membros se manifestaram contra o acordo assinado pelo Governo no passado dia 13 com os credores relativo a um novo empréstimo à Grécia em troca de medidas de austeridade.

A proposta de realização de um congresso em setembro foi debatida durante mais de 12 horas e mostrou a profunda divisão que existe no partido.

A realização do congresso em setembro, depois das negociações com os credores, foi aprovada por uma maioria clara de 200 membros do comité central.

Uma minoria apoiou a proposta da corrente mais radical, chamada Plataforma de Esquerda, que pediu a realização imediata de um congresso para decidir se o governo deve continuar as negociações com os credores ou suspendê-las.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.