sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Grécia e credores discutem questões laborais, reformas e pensões

A Grécia e os representantes dos credores internacionais mantiveram hoje uma reunião sobre questões laborais e a reforma das pensões, dois temas particularmente complicados para o Governo grego que os incluía nas suas "linhas vermelhas".

Alexis Tsipras, primeiro-ministro grego.

Alexis Tsipras, primeiro-ministro grego.

© Yiannis Kourtoglou / Reuters

Num encontro informal de hora e meia com o ministro do Trabalho, Yorgos Katrugalos, representantes das instituições conversaram sobre estes temas com o objetivo de estabelecer um "roteiro negocial".

Em declarações à agência noticiosa grega Ana, Katrugalos assegurou que a sessão decorre num "clima construtivo" e esclareceu que, apesar de os aspetos técnicos mais concretos decorrerem no hotel onde está alojado o quarteto, o convite para o ministério foi por vontade própria.

Entre o executivo e os parceiros europeus surgiram diversos desacordos que, segundo os media locais, dizem respeito à primeira medida que deverá começar a funcionar progressivamente, relacionada com o fim das reformas antecipadas.

O Governo pretende que a medida seja aplicada a partir de outubro, enquanto os credores exigem a sua aplicação com efeitos retroativos a 1 de julho de 2015, sem proteção dos direitos adquiridos.

Em relação à reforma do sistema de pensões, Katrugalos considerou que o Governo está preparado para legislar sempre que as medidas resultantes "garantam a sustentabilidade do sistema de um segurança social socialmente justo e racional".

Em qualquer caso, o Governo está envolvido numa corrida contra o tempo e pretende negociar o novo resgate antes de 20 de agosto, quando deverá garantir um novo reembolso de 3,2 mil milhões de euros ao Banco central europeu (BCE).

De acordo com os media, os parceiros europeus pretendem que o Governo forneça uma nova prova de credibilidade e aprove um novo pacote de reformas antes da assinatura do resgate.

Este novo pacote de austeridade poderia incluir não apenas a abolição imediata das reformas antecipadas, mas também a aplicação da cláusula de défice zero nas caixas de pensões, o aumento das contribuições para alguns setores, a reforma da fiscalidade dos agricultores, uma redução do salário mínimo no setor público e uma liberalização dos despedimentos.

Após a aprovação do resgate, a Grécia espera receber uma primeira parcela de 25 mil milhões de euros, de um total de 86 mil milhões de euros, dos quais 10 mil milhões serão injetados na banca, para além do pagamento de diversas dívidas, incluindo ao BCE e FMI.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a secretaria regional de solidariedade social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho.Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.