sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Bolsa de Atenas abre a recuar 4,48%

A bolsa de Atenas abriu esta terça-feira a recuar 4,48%, um dia depois de ter aberto após cinco semanas encerrada, com a instauração do controlo de capitais na Grécia.

Na segunda-feira, a bolsa de Atenas encerrou a perder 16,23%, uma queda histórica em dia de reabertura, depois de ter estado encerrada cinco semanas.

Na segunda-feira, a bolsa de Atenas encerrou a perder 16,23%, uma queda histórica em dia de reabertura, depois de ter estado encerrada cinco semanas.

© Yiannis Kourtoglou / Reuters

O índice Athex da praça financeira ateniense após 10 minutos da abertura encontrava-se já com uma recuperação ligeira de 0,11 %, valendo 668 pontos.

Na segunda-feira, a bolsa de Atenas encerrou a perder 16,23%, uma queda histórica em dia de reabertura, depois de ter estado encerrada cinco semanas.

O índice Athex encerrou em 668,06 pontos, recuperando ligeiramente ao longo da sessão, depois de uma queda de 22,82% na abertura.

A última queda da bolsa de Atenas com uma dimensão comparável remonta a dezembro de 1987, quando se registaram perdas de 15,3% numa única sessão.

O setor bancário foi particularmente penalizado, com perdas de 30%, o que traduz a grande vulnerabilidade do setor, à espera de uma recapitalização urgente, na sequência de levantamentos superiores a 40 mil milhões de euros desde dezembro.

As operações da bolsa grega foram interrompidas a partir de 26 de junho, numa altura em que havia um impasse nas negociações entre a Grécia e os credores (europeus e do Fundo Monetário Internacional) quanto ao financiamento do país.

Na noite de 26 de junho, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, anunciou a realização de um referendo sobre as novas medidas de austeridade propostas ao país.

Os bancos, que também estiveram encerrados desde 29 de junho, reabriram a 20 de julho.

Lusa

  • Bruno de Carvalho suspenso por mais 90 dias

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso por 90 dias na sequência de declarações proferidas numa entrevista televisiva em março, anunciou esta terça-feira o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

  • Benfica critica castigo de Samaris e vai recorrer

    Desporto

    O Benfica reagiu esta terça-feira ao castigo de três jogos aplicado ao grego Andreas Samaris, considerando que a decisão, da qual vai recorrer, é prova de que o futebol português está "entregue à instabilidade, à incoerência e à insegurança".

  • "Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito
    5:06
  • Governo disposto a ceder a algumas reivindicações dos enfermeiros
    1:58

    Economia

    Os enfermeiros ameaçam voltar à greve se o Governo não lhes der um subsídio no valor de 400 euros. Esta terça-feira o Governo esteve reunido com dois dos quatro sindicatos. O Ministério diz estar disposto a ceder a algumas reivindicações, mas o ministro da Saúde fez saber que o aumento de 400 euros é incomportável. 

  • Como fazer fotos e vídeos menos tremidos
    8:43
  • Viajar a 110 km/h agarrado ao para-brisas de um comboio

    Mundo

    Um homem de 23 anos foi detido por viajar preso a um comboio - mais concretamente ao limpa para-brisas -, que atinge velocidades perto dos 110 quilómetros por hora, numa viagem entre as estações de Leederville e Glendalough, na Austrália.

  • Rapper quer provar que a terra é plana

    Mundo

    O rapper B.o.B. lançou uma campanha na plataforma GoFundMe para enviar satélites que possam comprovar que a Terra é redonda e azul. No ano passado, o norte-americano defendeu nas redes sociais que o planeta é plano.