sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Bolsa de Atenas abre a recuar 4,48%

A bolsa de Atenas abriu esta terça-feira a recuar 4,48%, um dia depois de ter aberto após cinco semanas encerrada, com a instauração do controlo de capitais na Grécia.

Na segunda-feira, a bolsa de Atenas encerrou a perder 16,23%, uma queda histórica em dia de reabertura, depois de ter estado encerrada cinco semanas.

Na segunda-feira, a bolsa de Atenas encerrou a perder 16,23%, uma queda histórica em dia de reabertura, depois de ter estado encerrada cinco semanas.

© Yiannis Kourtoglou / Reuters

O índice Athex da praça financeira ateniense após 10 minutos da abertura encontrava-se já com uma recuperação ligeira de 0,11 %, valendo 668 pontos.

Na segunda-feira, a bolsa de Atenas encerrou a perder 16,23%, uma queda histórica em dia de reabertura, depois de ter estado encerrada cinco semanas.

O índice Athex encerrou em 668,06 pontos, recuperando ligeiramente ao longo da sessão, depois de uma queda de 22,82% na abertura.

A última queda da bolsa de Atenas com uma dimensão comparável remonta a dezembro de 1987, quando se registaram perdas de 15,3% numa única sessão.

O setor bancário foi particularmente penalizado, com perdas de 30%, o que traduz a grande vulnerabilidade do setor, à espera de uma recapitalização urgente, na sequência de levantamentos superiores a 40 mil milhões de euros desde dezembro.

As operações da bolsa grega foram interrompidas a partir de 26 de junho, numa altura em que havia um impasse nas negociações entre a Grécia e os credores (europeus e do Fundo Monetário Internacional) quanto ao financiamento do país.

Na noite de 26 de junho, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, anunciou a realização de um referendo sobre as novas medidas de austeridade propostas ao país.

Os bancos, que também estiveram encerrados desde 29 de junho, reabriram a 20 de julho.

Lusa

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

    SIC

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Morreu o orangotango mais velho do mundo

    Mundo

    O orangotango mais velho do mundo morreu aos 62 anos no jardim zoológico de Perth, no norte da Austrália, deixando 54 descendentes, anunciou esta terça-feira a instituição.

  • Milionários aumentam... e as suas fortunas também

    Mundo

    O número de milionários mundiais cresceu em 2017 e o seu nível de riqueza aumentou pelo sexto ano consecutivo, ultrapassando pela primeira vez os 70 biliões de dólares (60,5 biliões de euros), segundo um estudo divulgado esta terça-feira.