sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

União Europeia confirma acordo com Atenas para terceiro resgate

A União Europeia (UE) confirmou hoje que a Grécia e os seus credores internacionais chegaram a acordo para conceder um terceiro resgate financeiro ao país.

Petros Karadjias

"Sim, há um acordo", disseram à Efe fontes comunitárias, sem adiantar detalhes.

O ministro das Finanças grego, Euclides Tsakalotos, anunciou o acordo hoje, apesar de admitir que ainda falta acertar alguns "pequenos detalhes".

A Grécia e os seus credores chegaram a um acordo sobre as metas orçamentais do país para os próximos três anos, informou esta noite uma fonte governamental citada pela agência estatal ANA.

Foi acordado que a Grécia vai enfrentar um défice primário (saldo orçamental excluindo os pagamentos de dívida) de 0,25 do PIB em 2015, antes de um excedente primário de 0,5% do PIB em 2016, de 1,75% em 2017, e de 3,5% em 2018, segundo a fonte.

O Governo grego pretende que o texto do acordo seja votado pelos deputados na quinta-feira, para que seja apresentado no dia seguinte aos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo).

Este cenário, caso se concretize, permitiria a entrada em vigor do novo plano de ajustamento antes de 20 de agosto, data em que a Grécia deve proceder a mais um reembolso ao Banco central europeu (BCE) no montante de 3,4 mil milhões de euros.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras