sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

FMI espera decisão europeia de alívio da dívida grega para participar em novo resgate

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou hoje, em comunicado, que vai esperar por "decisões" dos europeus sobre a redução da dívida da Grécia antes de decidir participar num novo resgate ao país.

Petros Giannakouris

"Esperamos trabalhar com as autoridades [gregas] para desenvolver o programa [de reformas] com mais detalhes e que os parceiros europeus da Grécia tomem decisões sobre o alívio da dívida para permitir que se torne sustentável", refere, em comunicado divulgado na sua página na Internet, o FMI.

"O FMI vai permanecer envolvido com o Governo grego e com os parceiros europeus para ajudar no processo e vai fazer uma avaliação da sua participação na concessão de financiamento adicional à Grécia após as autoridades terem tomado medidas sobre o programa e forem tomadas as medidas de alívio da dívida", acrescenta o comunicado.

Uma missão do FMI, liderada por Delia Velculescu, esteve em Atenas entre 30 de julho e quarta-feira para participar nas discussões técnicas entre o Governo grego, a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Mecanismo de Estabilidade Europeu sobre um programa económico.

Lusa

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.