sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Zona euro paga dois mil milhões de euros prometidos a Atenas

A zona euro pagou hoje, como previsto, dois mil milhões de euros a Atenas, considerando que a Grécia cumpriu as condições para receber esta parcela do empréstimo concedido em julho, anunciou o Mecanismo Europeu de Estabilidade.

Petros Giannakouris

A soma destina-se a reembolsos da dívida grega, a pagamentos em atraso e ao financiamento de projetos que contam com fundos estruturais, segundo um comunicado.

Atenas tem de fazer três reembolsos em dezembro (nos dias 7, 16 e 21) ao Fundo Monetário Internacional (FMI) no total de 1,244 mil milhões de euros.

"A decisão de pagar os dois mil milhões de euros reflete o compromisso do Governo grego no programa de assistência e a adoção de uma longa lista de reformas essenciais", nomeadamente no setor financeiro, considerou Klaus Regling, que dirige o fundo.

O dinheiro faz parte empréstimo de 86 mil milhões de euros concedido à Grécia e que será pago ao longo de três anos.

Em meados de agosto, foi anunciado um primeiro desembolso de 26 mil milhões de euros, dos quais 13 mil milhões foram para pagamentos ao FMI e Banco Central Europeu e 10 mil milhões para a recapitalização da banca. Os restantes três mil milhões seriam pagos quando houvesse reformas.

Após o pagamento efetuado hoje, ainda há mil milhões de euros que devem ser pagos a Atenas.

Também foi alcançado um acordo para o pagamento de 10 mil milhões de euros destinados à recapitalização de quatro bancos gregos.

A transferência vai ocorrer depois de uma decisão do Mecanismo Europeu de Estabilidade, mas o total não deverá ser utilizado, uma vez que nos últimos dias os bancos em causa conseguiram no mercado cerca de 6 mil milhões de euros para necessidades de recapitalização avaliadas pelo BCE em 14,4 mil milhões de euros.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47