sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Zona euro paga dois mil milhões de euros prometidos a Atenas

A zona euro pagou hoje, como previsto, dois mil milhões de euros a Atenas, considerando que a Grécia cumpriu as condições para receber esta parcela do empréstimo concedido em julho, anunciou o Mecanismo Europeu de Estabilidade.

Petros Giannakouris

A soma destina-se a reembolsos da dívida grega, a pagamentos em atraso e ao financiamento de projetos que contam com fundos estruturais, segundo um comunicado.

Atenas tem de fazer três reembolsos em dezembro (nos dias 7, 16 e 21) ao Fundo Monetário Internacional (FMI) no total de 1,244 mil milhões de euros.

"A decisão de pagar os dois mil milhões de euros reflete o compromisso do Governo grego no programa de assistência e a adoção de uma longa lista de reformas essenciais", nomeadamente no setor financeiro, considerou Klaus Regling, que dirige o fundo.

O dinheiro faz parte empréstimo de 86 mil milhões de euros concedido à Grécia e que será pago ao longo de três anos.

Em meados de agosto, foi anunciado um primeiro desembolso de 26 mil milhões de euros, dos quais 13 mil milhões foram para pagamentos ao FMI e Banco Central Europeu e 10 mil milhões para a recapitalização da banca. Os restantes três mil milhões seriam pagos quando houvesse reformas.

Após o pagamento efetuado hoje, ainda há mil milhões de euros que devem ser pagos a Atenas.

Também foi alcançado um acordo para o pagamento de 10 mil milhões de euros destinados à recapitalização de quatro bancos gregos.

A transferência vai ocorrer depois de uma decisão do Mecanismo Europeu de Estabilidade, mas o total não deverá ser utilizado, uma vez que nos últimos dias os bancos em causa conseguiram no mercado cerca de 6 mil milhões de euros para necessidades de recapitalização avaliadas pelo BCE em 14,4 mil milhões de euros.

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.