sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Zona euro paga dois mil milhões de euros prometidos a Atenas

A zona euro pagou hoje, como previsto, dois mil milhões de euros a Atenas, considerando que a Grécia cumpriu as condições para receber esta parcela do empréstimo concedido em julho, anunciou o Mecanismo Europeu de Estabilidade.

Petros Giannakouris

A soma destina-se a reembolsos da dívida grega, a pagamentos em atraso e ao financiamento de projetos que contam com fundos estruturais, segundo um comunicado.

Atenas tem de fazer três reembolsos em dezembro (nos dias 7, 16 e 21) ao Fundo Monetário Internacional (FMI) no total de 1,244 mil milhões de euros.

"A decisão de pagar os dois mil milhões de euros reflete o compromisso do Governo grego no programa de assistência e a adoção de uma longa lista de reformas essenciais", nomeadamente no setor financeiro, considerou Klaus Regling, que dirige o fundo.

O dinheiro faz parte empréstimo de 86 mil milhões de euros concedido à Grécia e que será pago ao longo de três anos.

Em meados de agosto, foi anunciado um primeiro desembolso de 26 mil milhões de euros, dos quais 13 mil milhões foram para pagamentos ao FMI e Banco Central Europeu e 10 mil milhões para a recapitalização da banca. Os restantes três mil milhões seriam pagos quando houvesse reformas.

Após o pagamento efetuado hoje, ainda há mil milhões de euros que devem ser pagos a Atenas.

Também foi alcançado um acordo para o pagamento de 10 mil milhões de euros destinados à recapitalização de quatro bancos gregos.

A transferência vai ocorrer depois de uma decisão do Mecanismo Europeu de Estabilidade, mas o total não deverá ser utilizado, uma vez que nos últimos dias os bancos em causa conseguiram no mercado cerca de 6 mil milhões de euros para necessidades de recapitalização avaliadas pelo BCE em 14,4 mil milhões de euros.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.