sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Milhares protestam na Grécia contra o corte nas pensões

Milhares de gregos convocados por sindicatos dos setores público e privado manifestaram-se hoje no centro de Atenas contra a reforma do sistema de pensões que o governo de Alexis Tsipras está a negociar com os credores internacionais.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Segundo a polícia, entre 3.000 a 4.000 pensionistas, professores, trabalhadores da administração pública e outros profissionais, marcharam desde o centro da praça Omonia até à praça Syntagma, onde está a sede do Parlamento, com o objetivo de pedir ao governo para terminar com os planos de aumentar a idade da reforma para os 67 anos, assim como não aumentar os descontos para a Segurança Social dos trabalhadores por conta de outrém e dos trabalhadores independentes.

A marcha, convocada pela Confederação dos Sindicatos do Setor Público (ADEDY) e a do setor privado (GSEE), parou durante vários minutos em frente do Ministério do Trabalho onde se intensificaram os protestos e palavras de ordem contra o terceiro programa de resgate ao país.

"Depois de onze cortes nas pensões efetuados pelos governos anteriores do Pasok (socialista) e da Nova Democracia (conservador) e dos que fez a coligação Syriza-Anel (esquerdas e nacionalistas de direita) no Verão, estão agora a planear novos cortes drásticos a todos os pensionistas", lembrou em comunicado o ADEDY.

O governo grego comprometeu-se com os credores internacionais - Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Mecanismo Europeu de Estabilidade) - em reduzir em 1% o Produto Interno Bruto (PIB) este ano, ou seja, 1,4 mil milhões de euros.

As novas medidas de reforma do sistema de pensões chocam com a resistência de uma sociedade que já viu cortadas as suas pensões, em média 30%, nos últimos anos.

Lusa

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Casos de cancro nos pulmões diminuem
    3:08

    País

    O mapa do cancro em Portugal está a mudar, pela primeira vez os casos de cancro do cólon ultrapassaram os do pulmão. A proibição de fumar em locais públicos tem levado à diminuição dos casos de tumores pulmonares.

  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28