sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Tsipras diz que entendimento com UE permite "virar a página" após seis anos de crise

O entendimento alcançado na zona euro para continuar a assistência financeira à Grécia e abrir caminho a um alívio da dívida grega permitirá "virar a página" de seis anos de crise, afirmou esta terça-feira o primeiro-ministro, Alexis Tsipras.

Alexis Tsipras não estava na residência, por estar a realizar uma visita oficial a Israel. (Arquivo)

Alexis Tsipras não estava na residência, por estar a realizar uma visita oficial a Israel. (Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuters

"Pela primeira vez, tivemos boas notícias", afirmou Tsipras no início de uma reunião do Conselho de Ministros, convocada para fazer um balanço da reunião do Eurogrupo que decorreu na segunda-feira em Bruxelas.

A reunião dos ministros da Finanças da zona euro abriu caminho ao pagamento de uma tranche de pelo menos 5,4 mil milhões de euros do empréstimo alcançado em julho de 2015, num total de 86 mil milhões de euros, indicou, acrescentando que o montante será "em grande parte utilizado pelo Estado para pagar dívidas".

O líder grego congratulou-se ainda com a perspetiva de um alívio da enorme dívida pública do país.

"Isso vai permitir criar um espaço financeiro para relançar a economia e para alargar a proteção social", disse Tsipras.

"Com a decisão de 24 de maio, a Grécia vai virar a página, deixando para trás seis anos de obscuridade", adiantou.

Os ministros da Finanças da zona euro terão ainda de confirmar na sua próxima reunião, a 24 de maio, os compromissos alcançados na segunda-feira, se o país entretanto cumprir as obrigações que assumiu em julho, nomeadamente em matéria de aceleração das privatizações e de aumento dos impostos indiretos.

Atenas terá ainda de chegar a acordo com os credores sobre uma série de medidas adicionais a aplicar em caso de não respeitar o objetivo de alcançar um excedente primário de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41