sicnot

Perfil

Crise na Grécia

Crise na Grécia

Crise na Grécia

BCE volta a aceitar dívida grega como garantia em operações de refinanciamento

O Banco Central Europeu informou esta quarta-feira que vai voltar a aceitar a dívida grega como garantia nas suas operações de refinanciamento a partir de 29 de junho.

O pagamento de cerca de 500 milhões de euros deverá acontecer assim que se adote a legislação, enquanto outros 800 milhões deverão chegar à Grécia antes de 2017. (Arquivo)

O pagamento de cerca de 500 milhões de euros deverá acontecer assim que se adote a legislação, enquanto outros 800 milhões deverão chegar à Grécia antes de 2017. (Arquivo)

© Yannis Behrakis / Reuters

"O conselho de governadores reconhece o compromisso do Governo grego para implementar o atual programa de Mecanismo de Estabilidade Europeu e espera que continue em conformidade com as suas condições", indicou, em comunicado, o BCE.

De momento, o BCE excluiu os títulos de dívida da Grécia do programa de compra da dívida pública e vai examinar a possibilidade de os adquirir numa "fase posterior".

Agora, os bancos da Grécia podem ter acesso a liquidez do BCE a 0%, taxa de juro que está a ser utilizada nas operações de refinanciamento.

Para poder aceitar a dívida grega como garantia, o BCE vai abrir uma exceção e suspender a aplicação dos critérios de classificação de crédito mínimo, que exige normalmente para aqueles títulos.

Com esta exceção, o BCE emprestará dinheiro aos bancos que apresentem como garantia títulos de dívida emitidos ou garantidos pela Grécia.

As entidades gregas financiaram-se há mais de um ano através de uma provisão urgente de liquidez ao Banco da Grécia, que é muito mais cara do que os empréstimos do BCE.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.