sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Ex-primeiro-ministro de Cabo Verde felicita Guterres e Portugal por "brilhante vitória"

O ex-primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, felicitou esta quarta-feira António Guterres pela "brilhante vitória" na corrida para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas, sublinhando ainda que foi uma "realização histórica" para Portugal.

Numa publicação na sua página pessoal na rede social Facebook, José Maria Neves afirmou-se "radiante" com a indicação, por parte do Conselho de Segurança, do antigo primeiro-ministro português para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

"Desde o primeiro momento, ainda antes do anúncio público, recebi António Guterres em Lisboa, para manifestar-lhe todo o apoio pessoal, do Governo e de Cabo Verde à sua candidatura ao mais elevado cargo de secretário-geral das Nações Unidas. Hoje, aqui de novo, para dar-lhe os parabéns pela brilhante vitória e felicitar Portugal por esta histórica realização", escreveu José Maria Neves.

A publicação é ilustrada com uma série de fotografias do então primeiro-ministro de Cabo Verde e de António Guterres em Lisboa.

Em janeiro, na sequência da visita do primeiro-ministro português António Costa a Cabo Verde, José Maria Neves, então ainda na liderança do governo, tinha já assegurado que a candidatura de António Guterres mereceria "todo o empenhamento" do seu governo.

"Desempenhou com elevado mérito o cargo de alto-comissário para os Refugiados e também tem desempenhado, a nível de Portugal e no plano internacional, cargos de grande envergadura o que dá a António Guterres a estatura necessária para ser um grande secretário-geral das Nações Unidas neste tempo mais conturbado, mais difícil da humanidade em que precisamos enfrentar desafios importantes", disse Neves na altura.

Em junho, já com primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva a liderar o executivo, Cabo Verde reafirmaria o seu apoio à candidatura de António Guterres.

"Cabo Verde apoia por razões óbvias a candidatura de António Guterres, quer pela sua capacidade já manifestada no passado (enquanto primeiro ministro de Portugal e Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados), quer enquanto cidadão lusófono", explicou na Correia e Silva, durante a sua primeira visita oficial a Portugal.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.