sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Ex-primeiro-ministro de Cabo Verde felicita Guterres e Portugal por "brilhante vitória"

O ex-primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, felicitou esta quarta-feira António Guterres pela "brilhante vitória" na corrida para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas, sublinhando ainda que foi uma "realização histórica" para Portugal.

Numa publicação na sua página pessoal na rede social Facebook, José Maria Neves afirmou-se "radiante" com a indicação, por parte do Conselho de Segurança, do antigo primeiro-ministro português para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

"Desde o primeiro momento, ainda antes do anúncio público, recebi António Guterres em Lisboa, para manifestar-lhe todo o apoio pessoal, do Governo e de Cabo Verde à sua candidatura ao mais elevado cargo de secretário-geral das Nações Unidas. Hoje, aqui de novo, para dar-lhe os parabéns pela brilhante vitória e felicitar Portugal por esta histórica realização", escreveu José Maria Neves.

A publicação é ilustrada com uma série de fotografias do então primeiro-ministro de Cabo Verde e de António Guterres em Lisboa.

Em janeiro, na sequência da visita do primeiro-ministro português António Costa a Cabo Verde, José Maria Neves, então ainda na liderança do governo, tinha já assegurado que a candidatura de António Guterres mereceria "todo o empenhamento" do seu governo.

"Desempenhou com elevado mérito o cargo de alto-comissário para os Refugiados e também tem desempenhado, a nível de Portugal e no plano internacional, cargos de grande envergadura o que dá a António Guterres a estatura necessária para ser um grande secretário-geral das Nações Unidas neste tempo mais conturbado, mais difícil da humanidade em que precisamos enfrentar desafios importantes", disse Neves na altura.

Em junho, já com primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva a liderar o executivo, Cabo Verde reafirmaria o seu apoio à candidatura de António Guterres.

"Cabo Verde apoia por razões óbvias a candidatura de António Guterres, quer pela sua capacidade já manifestada no passado (enquanto primeiro ministro de Portugal e Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados), quer enquanto cidadão lusófono", explicou na Correia e Silva, durante a sua primeira visita oficial a Portugal.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35