sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Ex-primeiro-ministro de Cabo Verde felicita Guterres e Portugal por "brilhante vitória"

O ex-primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, felicitou esta quarta-feira António Guterres pela "brilhante vitória" na corrida para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas, sublinhando ainda que foi uma "realização histórica" para Portugal.

Numa publicação na sua página pessoal na rede social Facebook, José Maria Neves afirmou-se "radiante" com a indicação, por parte do Conselho de Segurança, do antigo primeiro-ministro português para o cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

"Desde o primeiro momento, ainda antes do anúncio público, recebi António Guterres em Lisboa, para manifestar-lhe todo o apoio pessoal, do Governo e de Cabo Verde à sua candidatura ao mais elevado cargo de secretário-geral das Nações Unidas. Hoje, aqui de novo, para dar-lhe os parabéns pela brilhante vitória e felicitar Portugal por esta histórica realização", escreveu José Maria Neves.

A publicação é ilustrada com uma série de fotografias do então primeiro-ministro de Cabo Verde e de António Guterres em Lisboa.

Em janeiro, na sequência da visita do primeiro-ministro português António Costa a Cabo Verde, José Maria Neves, então ainda na liderança do governo, tinha já assegurado que a candidatura de António Guterres mereceria "todo o empenhamento" do seu governo.

"Desempenhou com elevado mérito o cargo de alto-comissário para os Refugiados e também tem desempenhado, a nível de Portugal e no plano internacional, cargos de grande envergadura o que dá a António Guterres a estatura necessária para ser um grande secretário-geral das Nações Unidas neste tempo mais conturbado, mais difícil da humanidade em que precisamos enfrentar desafios importantes", disse Neves na altura.

Em junho, já com primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva a liderar o executivo, Cabo Verde reafirmaria o seu apoio à candidatura de António Guterres.

"Cabo Verde apoia por razões óbvias a candidatura de António Guterres, quer pela sua capacidade já manifestada no passado (enquanto primeiro ministro de Portugal e Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados), quer enquanto cidadão lusófono", explicou na Correia e Silva, durante a sua primeira visita oficial a Portugal.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07