sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Ministro angolano diz que vitória de Guterres é importante para África e lusofonia

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, afirmou esta quarta-feira, em declarações à Lusa, que a eleição de António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas é "muito importante" para África e em particular para a lusofonia.

"Esta eleição é muito importante para África, para a CPLP, para Angola e para a comunidade internacional em geral. O engenheiro Guterres tem sido um lutador incansável pelas causas importantes da comunidade internacional, em particular dos refugiados", disse o chefe da diplomacia angolana.

Angola cumpre atualmente um mandato de dois anos como membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas e, à semelhança de outros países do continente, reclama para África um assento permanente naquele órgão.

"Temos a certeza que nessa qualidade ele vai olhar muito para África e para Angola em particular, queremos esperar que ele consiga promover alguns quadros importantes do continente africano, particularmente da lusofonia", acrescentou, em declarações à Lusa, Georges Chikoti.

Angola chegou a transmitir publicamente o apoio à candidatura de António Guterres, que em março foi recebido em audiência, em Luanda, pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

Lusa

  • Descida da TSU inconstitucional?
    2:37

    TSU

    Especialistas ouvidos pela SIC põem em causa a constitucionalidade da descida da Taxa Social Única dos patrões, como contrapartida pelo aumento do salário mínimo. Como se trata de um imposto pago pelas empresas, só o Parlamento pode decidir uma alteração nas taxas. Neste caso, o Governo decidiu sozinho.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.