sicnot

Perfil

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Guterres na ONU

Ministro angolano diz que vitória de Guterres é importante para África e lusofonia

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, afirmou esta quarta-feira, em declarações à Lusa, que a eleição de António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas é "muito importante" para África e em particular para a lusofonia.

"Esta eleição é muito importante para África, para a CPLP, para Angola e para a comunidade internacional em geral. O engenheiro Guterres tem sido um lutador incansável pelas causas importantes da comunidade internacional, em particular dos refugiados", disse o chefe da diplomacia angolana.

Angola cumpre atualmente um mandato de dois anos como membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas e, à semelhança de outros países do continente, reclama para África um assento permanente naquele órgão.

"Temos a certeza que nessa qualidade ele vai olhar muito para África e para Angola em particular, queremos esperar que ele consiga promover alguns quadros importantes do continente africano, particularmente da lusofonia", acrescentou, em declarações à Lusa, Georges Chikoti.

Angola chegou a transmitir publicamente o apoio à candidatura de António Guterres, que em março foi recebido em audiência, em Luanda, pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22